Hoje é dia de blogagem coletiva na semana especial Incarnate que o pessoal da Editora Valentina e dos blogs Pausa para um livro e Literata organizou.

E o tema não podia ser outro : Reencarnação.

Nos livros da trilogia nós vemos pessoas imortais. Ou melhor, almas imortais, que reencarnam quando seus corpos morrem. E eles renascem lembrando de todas as suas vidas passadas, e isso poderia causar confusão, porque pense que você poderia renascer homem, sendo que na vida anterior foi mulher, ou pode ser pai da mulher que foi sua mãe na outra vida, ou irmão da pessoa que você não gostava, afinal poderiam renascer em poucos dias, em um ano ou em um período de até mais de vinte anos, enfim, as almas tinham milhares de anos e sempre renasciam.

Agora imaginem, nós vivendo em uma sociedade como a de Heart. Eu acho que ficaria meio doida, ou melhor, mais que o normal. Imagine já nascer sabendo muita coisa, ou quase tudo, não ter que lidar com o gostinho de aprender uma coisa nova, de descobrir coisas. Ficar com a vida de outras pessoas na cabeça, acho que influencia muito no que você será nessa nova vida. Seus atos, atitudes e até opiniões. Afinal você já tem todo um pré conceito enraizado.

Se o mundo de hoje está desse jeito. já pensaram se tivéssemos todas essas coisas enraizadas dentro da gente. Acho que a intolerância não vem do desconhecido e sim o medo da mudança, do diferente, como vimos no livro. Mas será que o preconceito também não viria junto? Acho que seria como vir com configurações pré definidas pela fábrica. Tem espaço no disco rígido mas o que veio de fábrica está lá. Acho que seria muito confuso.



Se eu acredito em reencarnação?

Acho que tem almas antigas perdidas pelo mundo, sim, mas seriam renascidas sem lembrar do velho eu. Acredito nisso toda vez que encontro uma pessoa que parece ser parte da minha vida desde sempre,  quando tenho uma dejá vu de uma coisa que nunca vivi. Nada dessa coisa do além e tals, mas acredito nisso sempre que vejo que o "santo bate" ou não com uma pessoa. Ou quando vejo alguém que fala que nasceu no corpo errado. Por que não? Como vamos saber o que se passa na mente do criador?

Se não continua nesse ciclo sem fim, até o fim dos tempos, para que aí sim possamos viver a vida eterna.

Se bem que eu não sei o que faria com a imortalidade. Sei lá é estranho pensar que você é "imorrível", que você tem literalmente a vida toda para fazer as coisas, sem essa coisa de lutar contra o tic tac, contra o desconhecido, contra o terrível amanhã. Acho que não saberemos o que fazer com o tempo nas mãos.

E vocês o que acham disso? Da reencarnação e da imortalidade?

Fale para nós!

beijos Beijos

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...