Terminando mais uma trilogia. AEEEE \o/

Só que não foi em grande estilo, infelizmente. Não me entenda mal, o livro é bom, mas ficou abaixo das minhas expectativas. Vou explicar o motivo.

Não, a capa não é verde limão assim rsrs


Kelsey acabou a faculdade e agora está á toa pela Europa, fazendo amigos, torrando dinheiro do papai , bebendo e indo á festas.

É em uma dessas festas que ela conhece um americano, lindo , com uma aparência militar e que basicamente vira seu anjo da guarda, ou seja, presencia algumas de suas piores cenas.E o que ela pensava ser apenas um encontro com um homem lindo mas que a deixa nervosa, prova ser bem diferente, e conforme ela vai conhecendo este homem misterioso , ela descobre que na verdade não sabe nada sobre ele.

Porque aquilo importava.
Quem a toca, seja na sua pele ou alma, importa.

Hunt é bonitão e guarda um segredo, mas sua viagem pela Europa ao lado de Kelsey, mostra o lado divertido e sensual da vida, porque é claro que os dois se envolvem. Mas o que acontece quando tudo o que você acha que sabe não passa de mentira e enganos.


Vamos por partes.

Os personagens são bem construídos, mas peguei birra da Kelsey do mesmo jeito que peguei da Bliss. Tudo bem que ela tem um trauma no passado, que seus pais tentaram desacreditá-la , falando que era coisa da cabecinha dela. Mas isso só a tornou mais egocêntrica e chata, pelo menos no começo. O encontro dela com Hunt, a melhora um pouco, tanto que o final é muito bom.

Isso não é verdade. Você é muito mais do que isso. Não sei do que você está fugindo, mas é só uma coisinha á toa, uma lembrança. Ela não pode controlar sua vida.

Hunt é guardou muito bem o segredo dele, e só descobrimos porque Kelsey mexe no celular dele - e ela é a unica narradora. E também revemos Bliss, mesmo que seja por mensagens trocadas entre as duas.

O livro é bom, o final como disse é muito bom, bem coerente e me senti orgulhosa de Kelsey - só no final -, por enfim ocupar a cabeça.

Agora vamos ao que não gostei. O tempo todo senti um dejá vu. Tanto que antes de chegar a metade da leitura, eu já sabia o que ia acontecer. E realmente eu acertei. O livro lembra muito um filme, que passava milhares de vezes na sessão da tarde, que eu não contarei qual é porque senão darei spoiler do livro.

Aquele lugar sangrava história e tragédia e, em comparação a ele, minhas feridas pareciam apenas arranhões.

Mas isso é, como disse, um motivo pessoal. O livro é bom, e se não fosse pelo deja vu, teria gostado. E claro se a Kelsey fosse menos mimimi... mas isso a gente releva.

Beijos Beijos



Participe do nosso TOP Comentarista desse mês. ;)

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...