Sabe quando todo mundo comenta sobre uma autora que é fodona muito boa , só que você fica com medo de ler e se decepcionar?

Então eu tinha esse receio com a Mia Sheridan, até que a Arqueiro finalmente se rendeu aos encantos dela - e dos pedidos enlouquecidos das leitoras - e finalmente lançou aqui no Brasil, a série Signos do Amor, começando com A voz do Arqueiro - que é o quarto livro lançado da série lá fora. Calma que eu vou explicar.

Pela ordem são :

1.Leo e 2. Leo’s chance - Leão

3.Stinger - Escorpião

4.Archer's Voice ( A voz do arqueiro) - Sagitário,

5.Becoming Calder e 6. Finding Eden - Aquário,

7.Kyland - Touro
Sim, dá pra ler separado porque as algumas histórias são independentes, como mostrei acima.

Agora vamos ao livro.

A Voz do Arqueiro - não concordo com esse títuloconta a história de Bree Prescott e Archer Hale.



Bree é uma jovem que acabou de terminar a faculdade e está passando por um momento muito traumático da sua vida. Seu pai, surdo, foi assassinado a sangue frio por um ladrão enquanto tentava protegê-la - usando a língua de sinais para falar para que se escondesse, claro que o ladrão não sabia disso e atirou no homem, e depois viu Bree e partiu para cima dela, mas a polícia chegou antes.

Bree então foge da cidade, a fim de poder se curar, agora que era órfã, e assim ela chega a pequena cidade litorânea, onde passou as férias quando criança, a última que passou com a sua mãe antes de perdê-la para o câncer. Disposta a começar de novo. ela conhece a sua vizinha Anne, que a indica para trabalhar no restaurante da cidade. Lá ela faz novas amizades,  e conhece Archer Hale, que irá mudar a sua vida para sempre.

Archer é um homem lindo de 23 anos, excluído da sociedade local , desde o acidente que matou seus pais e seu tio Connor. Logo no começo do livro vemos que a relação dos seus pais é tensa, que sua mãe vive apanhando e seu tio Connor é apaixonado por ela, tanto que eles resolvem fugir. Mas o que acontece no dia em que fogem e o acidente acontece é o que ninguém sabe o que aconteceu, só Archer e sua cicatriz na garganta. Mas ele não pode mais falar. Sim, ele se torna mudo e recluso, como seu tio Nathan.

Assim que Bree e Archer se veem , eles sentem uma química como não sentiram com mais ninguém. Um vai ajudando o outro a superar seus traumas. Mas há feridas que só podem cicatrizar sozinhas. E o passado sempre pode vir a tona, queira você ou não.

E eu pensei comigo mesma, a voz de Archer Hale é uma das coisas mais bonitas em todo o mundo.

O livro é maravilhoso. Ele é narrado por Bree e Archer - mais Bree que Archer, mas tudo bem.

Ri, chorei, me emcionei muito mesmo. Até porque não era um romance que eu esperava. A Autora foi me surpreendendo, a cada capítulo. É um romance real e coerente, nada de milagres repentinos ou mirabolantes. Achei que ia ser algo do tipo " o futuro repetindo o passado", quando Travis, primo de Archer, entra na história. Mas o amor de Bree e Archer foi arrebatador.

As cenas em que estão juntos são super hots, a forma como se comunicam, ás vezes só de se olharem, o fato de Archer ter aprendido sozinho a língua de sinais, e várias outras coisas só de ler em livros, só me deixaram com o coração mais apertado, sabendo que por uma maldade, ele não pode falar. Mas isso só o torna mais atraente ainda.

E posso ver porque você gosta dele... E que cicatriz - ela gemeu a última palavra - Isso me faz querer embalá-lo em meus braços e depois lambê-lo. 

A transformação dele de recluso, barba e cabelão, para aquele homem lindo e super inteligente, que tem uma facilidade para aprender tudo muito rápido. Quando o segredo sobre o passado é revelado, eu fiquei um tanto surpresa, juro que não esperava.

Agora vamos falar de ódio no coração. Que mulher horrorosa. Fiquei com ódio dela arruinar vidas como se fosse dona delas. Enfim, Tori Hale tem todo meu desprezo.

Já sobre Travis, eu fiquei em cima do muro. Eu entendo o motivo dele ser do jeito que é, afinal a mãe dele é a Tori, mas eu gostei dele mesmo assim #ShameOnMe . O jeito dele tratar o primo também foi muito imbecil da parte dele.

Olhei para Archer e olhar presunçoso foi substituído por um irritado, seu maxilar estava cerrado. Ele levantou as mãos e sinalizou , "Você é um babaca, Travis"

Os amigos que Bree faz na cidade são sensacionais a começar pela Anne, a senhorinha vizinha dela, pelos donos do restaurante, pelas novas amigas Liza e Melanie, sem esquecer dos melhores amigos Natalie e Jordan. Todos eles formam uma rede de proteção em torno de Bree, uma família, quando ela mais precisa.

Ok, mas vamos buscá-la se você demorar muito - Ela sorriu e piscou- E se a encontrarmos num quarto acariciando o gato da família, haverá uma intervenção.

Eu ri. - Prometo que não vou demorar

O faltando pouquíssimo pro final, meu coração chega a para por três segundo. E vai por mim, lágrimas vão cair. Essa autora não é para corações fracos.


Super indico.


Ah única coisa que não concordei muito foi com esse título. A voz de Archer ficaria bem melhor. Mas enfim...

Beijos Beijos

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...