Não, não é sexta para postar resenha internacional. Maaas não consegui ficar sem ler o segundo livro da série Na companhia de assassinos, depois de ler A morte de Sarai, com aquele final.

Então deixo a dica , se você não gosta de spoiler, sugiro que pare agora. Porque essa continuação começa oito meses depois do final eletrizante do primeiro.



Bom então vamos lá

Em Reviving Izabel, oito meses depois de acordar em uma clínica, se recuperando do tiro que recebeu de Niklas, Sarai está finalmente tendo sua vida normal, ela conseguiu diploma de conclusão do ensino médio e está estudando computação na faculdade. Tem um namorado bonitão, Eric, e uma melhor amiga, Dahlia. Sua vida está perfeita, morando com sua Dinah, sua mãe adotiva, ninguém sabe nada do seu verdadeiro passado, todos pensam que um ex namorado maluco a perseguiu e atirou nela.

E ela não teve nenhum sinal de Victor, em todo esse tempo.

Engana-se quem pensa que Sarai, se aquietou, ela descobre que essa vida não é o que ela esperava, afinal, ela não é igual as outras pessoas, por mais que ela queira. E acima de tudo, ela quer acabar com a vida de Hamburg, o mesmo da sua ultima missão com Victor, o doente que matou pessoas inocentes por seu sadismo.

Por isso ela vai para Los Angeles, com Eric e Dahlia, sem nenhum treinamento e com um plano maluco, de encontrar o homem e matá-lo. Após driblar seus amigos, ela executa seu plano, reviver Izabel, e fazer sua vingança, isso até tudo desandar. Ela acaba sendo salva por Victor, que a leva para a casa de Fredrik Gustavsson e lá ele a atualiza de tudo. Desesperada ao saber que colocou todos a sua volta em perigo, Sarai decide que quer se tornar profissional, custe o que custar.

Eu estou ajudando você a se tornar o que você quer ser, de viver a vida que você escolheu para viver.Algo que você nunca teve - Uma escolha - porque foi tirado isso de você. E você está me ajudando a tomar de volta o tipo de vida que foi tirado de mim, me mostrando como é ser mais que um assassino, a sentir algo mais do que a necessidade de matar. 

Victor, conseguiu deixar a Ordem vivo, mas ele não sabe por quanto tempo. Vonnegut, o chefão, pôs sua cabeça a prêmio. Ele continua suas missões, só que agora como seu próprio chefe, e com a ajuda de Fredrik, que é leal a Victor, e é seus olhos dentro da Ordem. Assim que ele fica sabendo da bagunça de Sarai, ele vai resgatá-la , afinal ele ainda gosta muito dela. É por esse motivo que ele aceita treiná-la, mesmo que isso custe o ódio dela.

Nós fomos feitos um para o outro , como duas peças de quebra-cabeça que a princípio não parecem se encaixar , mas, eventualmente, se encaixa quando olhamos, no mais improvável dos ângulos. 

Esse livro traz na maior parte, a narrativa por Sarai e Victor, mas também ficamos tendo um gostinho de Fredrik, lindo e tão cruel. e o principal no terceiro livro da série.

A história é mais cheia de ação, no meu ponto de vista, mas a autora continua cozinhando em banho maria antes do clímax da história. Há mais cenas de violência e de crueldade, testes de lealdade que arrepiam até a alma.Mas mesmo assim tem cenas que é muito amorzinho!! Casa perfect Victor e Sarai!! E a reviravolta no final é amazing!!!

"Talvez você devesse se livrar de mim." Eu sussurrei em seus lábios.

"Nunca", diz ele, beijando-me suavemente. "Você é minha pelo tempo em que respirar."

Mas esse livro quase me fez infartar um em um ponto faltando pouco para terminar a história, pense na pessoa gritando "O QUÊ?? NÃO PODE SER!! NÃO, NÃO"

Quase fui as lágrimas em alguns pontos, de frustração e de coração partido mesmo, principalmente por Fredrik, sim estou encantada por este homem frio, calculista e faz as pessoas sofrerem com requintes de crueldade. Aliás se pararmos para analisar, todos eles são assassinos, mas a vida que levaram, os tornaram o que são... sei que nada justifica, mas nos deixa entendê-los melhor!!

Mas atrás de portas fechadas, quando é só eu e ele, sozinhos, ele é um homem diferente. Ele me ama sem ter que dizer. Ele cuida de mim sem ter que provar isso ... Eu sou a única alma que ele sempre deixa entrar completamente sua vida. E a única que ele nunca vai deixar ir. 

Nem preciso dizer que super indico né... LEIAM!!!!

Louca pelo terceiro livro, que conta a história do bonitão Fredrik, mas vou esperar um pouco, afinal é muito viciante, e tenho uma pilha imensa para ler, além dos meus estudos.

Beijos Beijos

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...