Ah os romances de época. Toda aquela pompa, danças, vestidos, aquela sedução por olhares e palavras soltas - sim eu sei que não era assim, mas ficção é ficção então shhhh

Desde que soube que a Arqueiro ia ter uma coleção de romances de época eu fiquei mega feliz, e até agora não me arrependi, quer dizer só li os da Julia Quinn - Ok eu sou apaixonada pelos irmãos Brigderton, mas os da Madeline Hunter e Lisa Kleypas estão aqui na minha listinha de "vou ler". Quando soube que iam lançar Mary Balogh, que eu já tinha visto vários elogios á ela, eu tive que passar Ligeiramente casados na frente de todos da filinha - imensaaaa- de livros para ler.



Ligeiramente casados conta a história do Coronel Lorde Aidan Bedwyn, que após fazer uma promessa ao Capitão Morris quando este a beira da morte, vai até a irmã dele , Eve Morris, para dar a triste notícia e cumprir a promessa de protegê-la Custe o que custar. Aidan é o típico homem de exército, não pensa em ter família, talvez uma esposa que o acompanhe, ele é honroso e no começo você fica meio assim com ele, porque não conhece seus sentimentos mesmo, depois a máscara cai.

Sua aparência não é tão ruim quando sorri - comentou ela quando já saía do cômodo, para surpresa de Aidan.

Na verdade o Lorde só vem a descobrir o que realmente prometeu, quando descobre a situação de Eve. O pai da moça morreu há quase um ano, na realidade falta exata uma semana pra isso, e no testamente ele determinou que o solar e sua fortuna ficariam com Eve por ano, e após esse ano, se ela não casasse, a propriedade passaria para o irmão, e caso ele não pudesse para o babaca do primo Cecil.

Conversando mais a fundo sobre isso, ele descobre que ela contrata pessoas que ninguém mais quer contratar como incapacitado, preso ou que tenha passado por algum processo vergonhoso.E por isso descobre o que o irmão de Eve quis dizer com Custe o que custar. E assim ele pede ela em casamento.De conveniência, claro ... Ah tá.

Eve é uma mulher de 25 anos, que embora fosse filha de um ex minerador de carvão que casou com a filha do dono da mina, foi criada como uma dama. E por isso o pai não espera outra coisa, além de casa-la com uma bom partido, com algum título. O problema é que ela se encanta com o filho de um duque, John, que não permite o casamento, e mesmo com essa negativa eles juram que vão se casar quando ele retornar de sua missão na Russia.O que faz mais de um ano, e nunca mais deu notícia. Então ela continua sozinha, ele á inteligente, caridosa, teimosa e disposta a fazer tudo por quem ama.

E assim, Cinderela chegou ao baile, pensou ela com amargura, e sorriu com a piada interna.

Para Eve quando o Lorde Bedwyn faz a proposta - que na verdade é mais uma intimação - ela aceita.Até porque depois de casarem nunca mais verá a cara do homem. Mas só porque poderá manter o solar e todas as pessoas que mais ama, como os dois órfãos, Davy e Becky, a quem trata como filhos e sua tia Mari, uma senhora muito esperta e que adora dar uma de cupido.

Só que claro, não é o que acontece durante o dia que passam em Londres para casar , um conhecido de Bedwyn o vê e ele apresenta sua esposa e claro que chega aos ouvidos do Duque Bewcastle que obviamente não aceita esse acordo , afinal Aidan é o primeiro Bedwyn a casar e portanto Eve tem que ser apresentada a Rainha. E o que era para ser uma coisa sem comprometimentos e alguns dias, se torna uma relação que só se prolonga a cada semana, assim como o sentimento dos dois.Mesmo que isso só complique as coisas.

– Errado? Somos um homem e uma mulher – disse ele com severidade – e nos casamos há algumas semanas. Homens e mulheres, principalmente quando casados, costumam ir para a cama juntos.

Nem preciso dizer que adorei o livro. Aidan e Eve são perfeitos um para o outro mesmo sendo imperfeitos. Ao contrário muitos romances em que há homens deslumbrantes, mocinhas lindas , nesse a autora deixa bem claro que nenhum dos dois são lindos, aliás Aidan não é o tipo de beleza mesmo, ela faz questão de frisar, assim como os membros da família dele que começa a ser apresentada.

Nesse livro nós conhecemos além de Bewcastle - o irmão frio , ou quase isso,   Freyja - que teve o coração partido, Alleyne - que é o único bonito , Morgan - a jovenzinha de 17 anos e  Rannulf - que conhecemos no fim do livro de relance, mas tudo bem porque o próximo livro é dele.

É onde meu coração ficará quando eu partir.

A tia Rochester é uma senhora que óbvio se horroriza com a escolha do sobrinho, mas adoro a senhorinha porque ela se escandaliza com Eve, que é mega teimosa.  Já Aidan se diverte, deixando de lado sua pose fria e séria.

O livro é fofo, é romance mesmo. E você torce pelos dois, até quando surge um elemento que pode estragar o relacionamento dos dois... Aidan e Eve se tornam tão lindinhos no final do livro, porque você enxerga a beleza verdadeira deles.


Romance que verte açúcar!!! Super Indicado!!

Eee para vocês que leram esta resenha , vou fazer um sorteio dos marcadores de lançamentos da Arqueiro. Para participar comentem sobre a resenha, e deixem nome e email. Cada um que comentar ganha um numero para o sorteio. VALE UM COMENTÁRIO POR PESSOA.



Válido até dia 05/11/2014. O resultado saí até dia 09/11.

Beijos Beijos

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...