Alguns livros simplesmente nos marcam! Alguns nos emocionam profundamente. Outros trazem mensagens importantes e questões pertinentes ao nosso contexto social. Alguns livros são apenas isso, livros. Outros podem se tornar ídolos de tão maravilhosos!

As vezes torna-se até difícil de se comentar ou dissertar sobre um desses livros, daqueles que marcam, emocionam na mesma medida, trazem um debate inteligente sobre nossa realidade social, torna-se importante para nós leitores e acaba por virar um favorito!! <3

E é assim Todo Dia... um livro que toca, que possui uma linguagem simples, até despretensiosa em alguns momentos mas que traz uma temática original e que fará com certeza a diferença na vida dos leitores. Afinal, é daqueles livros que faz o leitor ficar impassível quanto a sua leitura!! Venha... venha experimentar comigo um pouco do meu apreço e parte do que apreendi com a leitura deste livro tão único e maravilhoso da Galera Record =)




  
A existe! Simplesmente existe, não do mesmo modo ou na mesma concepção que você ou eu, mas ele está lá!! Pode não possuir um corpo físico, uma família ou amigos que o acompanharam desde a infância. Porém possui sua existência, sua verdade, sua essência, suas ideias e seu próprio passado...

A, diferente de todos não consegue se prender a pessoas, ou a um lugar, muito menos se apaixonar, pois no fim do dia tudo deixaria de ser “dele”. Desde que aprendeu a perceber o mundo a sua volta, A se deu conta da sua peculiar existência, ele nunca está duas vezes num mesmo corpo, ou melhor numa pessoa. Ele apenas sabe que está vivo, e que a cada dia de sua vida, ele na verdade “vive” a vida de outra pessoa, pelo menos por um dia. Todos os dias de sua vida...

Sou um andarilho e, por mais solitário que isso possa ser, também é uma tremenda libertação. Nunca vou me definir sob os mesmos critérios das outras pessoas. Nunca vou sentir a pressão dos amigos ou o fardo das expectativas dos pais. Posso considerar todo mundo parte de um todo, e me concentrar no todo, não nas partes.

Um dia ele pode ser um jovem atleta, no dia seguinte pode ser aquela nerd que se esconde por trás dos cachos, e depois pode ser aquele menino latino homossexual que quebra paradigmas. A sabe que está tomando “emprestado” um dia da vida das pessoas, e que isso é sua própria existência. A é tão correto que incomodado em tirar um dia da vida de outra pessoa, ele tenta não interferir profundamente na vida de seus hospedeiro.

Tudo bem, até aqui tudo complexo?!?! rs

A por ter que viver em uma pessoa diferente a cada dia, ele acaba vivenciando diversas situações. Afinal o que você faria se estivesse no corpo de uma menina com ideias suicidas?!?! Ou o que você faria se estivesse no corpo de uma pessoa que trocou de sexo?!?!

A nos faz quebrar paradigmas, preconceitos e nos faz analisar o mundo através dos olhos de todos os tipos de adolescentes, desde o religioso, passando pelo que tem distúrbios alimentares até aquele que é dependente químico. A empatia ganha um novo patamar após a análise desta obra, afinal você realmente compreende o que o seu próximo sente?!?! Empatia é isso, é viver e compreender a vida num mesmo nível que o outro, sentir como ele sente, pensar como ele...

Você fica preso a quem você é. Mas quando quem você muda todos os dias, você fica mais próximo da universalidade. Mesmo dos detalhes mais triviais. Você percebe que as cerejas tem gosto diferente para pessoas diferentes. Que o azul parece diferente. (...) Você aprende o verdadeiro valor de um dia, porque todos os dias são diferentes. (...) Ao enxergar o mundo de tantos ângulos, percebo melhor a dimensão dele.

A mostra que nem sempre é fácil viver seus dias com empatia (ainda mais ele que é de certa forma obrigado a isso), principalmente quando ao passar um dia como o jovem Justin, e ele acaba se afeiçoando a doce namorada de seu hospedeiro, Rhiannon. Os conceitos que A havia estabelecido para sua própria existência passam a ficar de certa forma apagados quando seus pensamentos passam a orbitar em volta da jovem.

É como se, ao amar alguém, essa pessoa tornasse sua razão. E talvez seja o inverso; talvez eu tenha me apaixonado por ela porque preciso de uma razão. Mas não acho que seja isso. Acho que eu teria continuado, invisível, se eu não a tivesse conhecido.

Com uma forma delicada, um sentimento forte e encantador surge entre os dois, pois A sabe compreender perfeitamente as pessoas (devido a sua “experiência” na área) e Rhiannon é uma doce pessoa, mas que enfrenta alguns problemas em conseguir aceitar a “estranha” existência de A.

Um amor que vai nos emocionar... mas será que poderia quebrar as barreiras criadas por esse problema que A possui?!?!

Na minha experiência, desejo é desejo, amor é amor. Nunca me apaixonei por um gênero. Apaixonei-me por indivíduos. Sei que é difícil as pessoas fazerem isso, mas não entendo por que é tão complicado, quando é tão óbvio.

Todo Dia é uma obra delicada, linda e que vai te fazer pensar cada vez mais no próximo, afinal como ele se sente, o que ele pensa, será que a vida para ele seria mais fácil/difícil do que para mim?!?!


David Levithan, que já havia me ganhado com Nick e Norah (resenha aqui no blog) mostrou mais uma vez que não é aquele escritor com uma fórmula pré estabelecida, ele mostra como ser único, como chegar a questões importantes em uma obra de Young Adult mas sem deixar de ser leve, simples e emocionante. David conseguiu com Todo Dia, algo que eu ainda não tinha visto com nenhum autor de YA contemporâneo, compreender e aceitar melhor as diversidades encontradas em nosso dia a dia!!


P.S. Desculpem pela resenha “curtinha” pois eu AMEI demais esse livro e eu com certeza iria acabar soltando algum spoiler se falasse mais que o descrito acima, rs... Espero que tenham gostado da Resenha (finalmente euzinha de volta nas resenhas yaayyy) e não deixem de comentar pois temos promo dele *-*


::~::~~:: Promoção ::~~::~::

Olha quem está de volta!!! \O/



Finalmente estou pondo ordem na vida, e para marcar a volta (de fato) to trazendo a resenha (aqui acima na postagem rs) e claro que deveria trazer uma promoção para presentear um sortudo leitor(a) do blog com esse maravilhoso livro que se tornou o meu favorito (top 5) *-*

Eu tinha encomendando Todo Dia ainda na pré venda e como eu acabei recebendo de presente da editora outro exemplar, estou sorteando o que eu comprei (lá na saraiva bem antes do lançamento) *-*

*-* Boa sorte a todos que participarem... afinal esse livro é TUDO <3


Regras::

*Possuir endereço de entrega no Brasil;
*Comentar na Resenha (apenas comentários válidos e com conteúdo serão aceitos);

Prêmio = Exemplar do livro "Todo Dia", escrito por David Levithan, publicado pela Galera Record + 25 marcadores sortidos  ^_^

Participem seus lindos... <3 <3 Boa Sorte

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...