A #PollockMania está conquistando o mundo!! A obra fantástica francesa finalmente chegou no Brasil pela Suma de Letras e já está dando o que falar!! Sinceramente, fiquei muito feliz por ter recebido esse livro e ter me maravilhado com a narrativa que promete encantar muitos jovens e adultos!

Claro que muitos por aí irão comparar Oksa Pollock com outros livros deste gênero (hp e pj), mas encontrei algumas singularidades, que me agradaram muito, e acredito que fizeram a diferença na leitura!! Então, preparados para entrar na #PollockMania??

Venha comigo Darling, e irei te mostrar!!





Oksa Pollock é uma menina sonhadora, tímida e que adoraria ser uma ninja (sim, é dessas que em qualquer momento está fazendo uma posição mega difícil de kung fu e se acha A NINJA, rs). Com apenas 12 anos (prestes a fazer 13), Oksa é determinada e cheia de ironia. Uma personagem completamente contagiante e super efusiva, daquelas que não consegue controlar a curiosidade e parece até uma pipoca pulando!!

A jovem francesa acaba de mudar para Londres com toda a sua família, pois seu pai acaba de abrir um restaurante na Inglaterra em parceria com seu amigo, o pai do BFF de Oksa, Gus. Oksa e Gus tem uma das amizades mais fofas e engraçadinhas que se pode imaginar, enquanto a menina é super precipitada, Gus é sempre a voz da razão e tenta controlar a animosidade da amiga, que só traz confusão.

Fora matriculada na sexta série e, mesmo querendo parecer descontraída, estava preocupada: eram muitas as novidades! A começar por ela própria... Oksa frequentemente sonhava ser uma aventureira destemida ou uma ninja invulnerável, mas dentre as coisas que mais detestava no mundo estavam o alho-poró, o cor de rosa, os insetos... e chamar a atenção. E quem é novo numa escola, todo mundo sabe, nunca passa despercebido nas aulas.


Como se as confusões corriqueiras não bastassem, num belo dia Oksa acaba descobrindo que possui certos “dons”. Totalmente perdida na situação, ela praticamente põe fogo em seu quarto, derrete uma boneca, e bate com a cabeça no teto. São momentos de completa euforia e terror!! Afinal, como ela, uma jovem de 12 anos pode desenvolver poderes de uma hora para a outra?!?!

Fechou os olhos e imaginou-se flutuando, como havia flutuado pouco antes. Uns segundos depois, sentiu os pés apoiados em algo que não era absolutamente o chão. Abriu com todo o cuidado os olhos, para olhar o espelho: estava de pé, intacta, e continuava a mesma Oksa de sempre. Só que um metro acima do piso...


Mas o que a jovem demora a descobrir (calma, não é spoiler!!) é que sua família vem de um lugar muito diferente, onde esses “dons” são muito comuns. A família Pollock é oriunda de Edefia, um reino distante e invisível para os “De-Fora” (os humanos que estão no exterior de Edefia, uma espécie de mundo alternativo). Os Pollock e os amigos mais próximos são conhecidos por “salve-se quem puder”, pois tiveram que fugir de seu lar para salvarem-se, visto que um grande mal se abateu em Edefia...

 - Edefia é o nosso país – respondeu Dragomira. – Um país que não se encontra em lugar algum da superfície da Terra e que, por isso, não é recenseado em parte alguma.


Sabendo agora toda sua origem, o que Oksa faz?? Se revolta... Sim, a doce e cheia de ironia Oksa, tem uma crise de “aborrenscência” aguda (o que me estressou um pouco), mas calma, isso passa, graças a sua família e seu amigo, Gus!!

Destinada a ser a Graciosa, uma espécie de líder para o povo de Edefia, Oksa passará a aprender mais sobre suas habilidades e suas origens. Uma aprendizagem que se mostrará divertidíssima para o leitor, pois vemos a quão curiosa e atenta é a menina, desenterrando vários segredos de seus familiares e amigos. Sem contar as engraçadas e excitantes aulas práticas de vôos (sim, ela “volticala” – voa), sobre as plantas de Edefia (que possuem personalidades bem únicas, espécimes bem “vivas” pro meu gosto) e tantas outras.

A narrativa das francesas (Anne Plichota e Cendrine Wolf) é maravilhosa e repleta de elementos fantásticos. O mundo criado por elas, no inicío mostra-se um pouco confuso, pois vai mexendo e muito com nossa imaginação, inclusive por apresentar nomes tão estranhos (O.o), mas assim que a leitura flui (e pode contar que flui de modo único) nós conseguimos nos ambientar muito bem nesse universo, doido e bem divertido!

- O poder, p´quena Graciosa, é o perigo em estado puro. Alguém que não teme nada se torna invulnerável, sem ter o que possa pará-lo. O medo é o que deixa os homens fracos. Mas também o que faz deles homens. Seres humanos, quero dizer...


Oksa Pollock é um livro que fica impossível do leitor não se envolver e passar horas rindo com personagens tão singulares, principalmente as criaturas de Edefia e os Foldingodos (espécie de duendes mordomos), seres bem estranhos, mas muito comunicativos e que estão sempre armando uma algazarra!!

Oksa é uma personagem forte para sua idade. Ela mostra-se corajosa e aventureira (afinal ela é Oksa-san, rs), agindo sem temer as consequências a fim de proteger sua família e seus amigos, e claro, se protegendo também. Todos os personagens foram bem escritos e tiveram suas participações bem significativas no decorrer do livro. Esse foi mais um diferencial que me encantou nessa obra.

Enfim, foi uma leitura leve, divertida que há muito tempo eu não tinha, resgatando a minha criança interior (afinal isso é um infanto-juvenil) e me desejando voltar a ser uma jovem e sonhadora menina de 13 anos!! E até mesmo me deixou super excitada com as cenas de ação (que nem foram poucas ^^)...


Se eu recomendo Oksa Pollock?? Bom está esperando o quê, sentado aí na frente do computador?? Vai logo ler e se divertir com essa heroína... Mas antes me diga o que achou da resenha!! ;D

P.S. Com 10 comentários significativos (com conteúdo sobre o livro/resenha), libero promoção valendo o livro de Oksa Pollock =)

Um Comentário

  1. Minha opinião: o início do livro é muito bom! Até o momento em que ela descobre que tem poderes eu estava gostando muito. É uma pena que, a partir do momento em que a vó dela conta sua origem, para mim, descamba para um clichezão. O embate com o inimigo é muito trancado pro meu gosto. Não sei os outros livros, mas para mim faltou feijão.

    ResponderExcluir

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...