♪♫Um dia frio, um bom lugar para ler um livro...♪♫
    Amores, já estamos na reta final do mês de abril, e este mês passou voando, e hoje é Dia Mundial do Livro.Sim, nossos amorzineos tem dia mundial só para eles. E hoje os agradecimentos vão para autores que mudaram de alguma forma minha vida literária. E semana que vem volto com a programação normal dos agradecimentos semanais.

Agradeço a Pedro Bandeira, Ruth Rocha, Cecilia Meireles, Eva Furnari, Ana Maria Machado, Monteiro Lobato e Ziraldo. 
   Os primeiros livros que li, e que me acompanharam desde os seis anos, quando eu entrei na escola, foram desses autores maravilhosos. Cecilia, me deu amor pela poesia com seu Isto ou Aquilo,  Ziraldo com seu Planeta Lilás, a primeira peça de teatro que eu vi baseada em livro, Pedro, lindo e fofo, me acompanhou na infância com a O mistério da fábrica de livros, até a adolescência com Descanse em paz, meu amor - que fez que eu me interessasse por livros mais dark - e Os Karas. Ana Maria, Ruth Rocha , Eva Furnari e Monteiro Lobato que me mostraram como os livros podem ser divertidos e te fazer viajar por mundos diferentes.

Agradeço aos livros pelas amizades
   Porque estar imersa nesse mundo da literatura me trouxe lindas amizades com outros fãs de livros e com autores, inclusive trouxe uma irmã de coração. Além disso, pude conhecer pessoas que trabalham em editoras, sim, há pessoinhas maravilhosas trabalhando para nos trazer esses livros incríveis para ler, e não são oompa-loompas como eu imaginava quando criança.

Agradeço a J.K Rowling
    Sim, não poderia deixar de fazer um tópico só para uma das minhas autoras favoritas, mas que mudou a minha vida literária de uma maneira singular. Harry Potter é um tópico a parte, sou Potterhead com orgulho, mas não é só isso. Tia Jo construiu um mundo de fantasia tão mágico, tão perfeito que é daquelas obras que vão passando de geração para geração, porque além da fantasia, ela mostra conceitos básicos, como amor, amigos, bullying, fama, ódio, ter esperança, saber aceitar conselhos e saber que você nunca está só, mesmo quando acha isso.Além disso tudo, tia Jo ainda me abriu as portas para a fantasia novamente.

Agradeço aos autores que fazem minha vida mais leve, mais colorida e alguns que me fazem chorar e me emocionar e pensar em assuntos que eu jamais imaginaria pensar.
    Ai gente, tenho tantos autores para agradecer por me proporcionar horas incríveis em seus mundos. Aqui no Brasil agradeço, além dos citados lá em cima, a Carina Rissi - que sempre me faz rir e chorar-, Samanta Holtz - quem sempre me emociona -, Adriana Brazil, A.C Meyer, Vanessa de Cássia, Carolina Munhoz , Laura Conrado,Paulo Coelho entre outros por me mostrarem que literatura nacional vale a pena sim, inclusive amo aqueles livros clássicos obrigatórios no vestibular - me julguem haha. E aos internacionais, Meg Cabot - que me iniciou nessa literatura de mocinha -, Stephen King - que me mostrou que meus medos podem piorar ao ler um livro dele haha -,Sidney Sheldon e Agatha Christie - que me fizeram gostar de livros de detetives e suspenses- , Daniele Steel - que me fez gostar de um livro desgraceira -, Nora Roberts - que me colocou no mundo de romances mais, ahn...maduros. E claro a Jane Austen, As irmãs Charlote, Anne e Emily Brontë, Sophie Kinsella, Lucinda Riley, Julia Quinn, Emily Giffin, Mary Balogh, J.A Redmerski, Diana Gabaldon, Sarah J Mass, Federico Moccia, Sarah Addison Allen, Kristin Hannah entre muitos outros, porque se eu colocar todos hoje, o post não tem fim .

Agradeço a Mauricio de Sousa e sua Turma de Mônica.
    Termino agradecendo aquele que me acompanhou mesmo antes de aprender a ler. Acredito que a maioria de nós começamos a vida de leitor com um gibi na mão, eu adorava ficar olhando as figurinhas coloridas, foi com eles que comecei a aprender a ler aos cinco anos na pré escola. Amo demais essa turminha e ainda acompanho seja no gibi clássico, no mangá ou nas graphics.
Não podia deixar de ser sobre livros.
Livro
    Vissh, foi difícil essa semana escolher um só, mas vou escolher um livro que é um dos meus amores até hoje, que é o livro da Cecilia Meireles , OU ISTO OU AQUILO. Amo demais. Aliás leia a coleção toda da Cecilia, é sensacional.

Filme
    Indicação da semana é a adaptação do livro Girlboss - que está sendo sorteado em parceria com vários blogs, Cliquem AQUI para saber mais ;) -. Girlboss é baseada no bestseller do New York Times #Girlboss, de Sophia Amoruso, fundadora da marca Nasty Gal. A série é centrada em Sophia (Britt Robertson), uma jovem que começa vendendo roupas vintage no eBay e se torna proprietária de um império multimilionário antes de completar 28 anos.Os episódios são curtinhos, tem cerca de 24 minutos. Vale a pena.

Música
    Temos muitas musicas que foram baseadas em livros, qualquer dia faço um posta falando de algumas, mas vamos aquela que quero indicar para vocês que é Busca Vidas de Os Paralamas do Sucesso que tem uma inspiração no Pequeno Príncipe.
♪♫Vou sair pra ver o céu.Vou me perder entre as estrelas.Ver de onde nasce o sol.Como se guiam os cometas pelo espaço♪♫
E vocês são gratos pelo o que essa semana? Querem agardecer algum autor em especial?
Beijos Beijos

♪♫Oh, I just can't take it ...My heart is racing...The emotions keep spilling out ♪♫
    Gente, que livro foi esse?? Pensa em um livro que tinha tudo para ser um clichêzão, porque a base da história é um pouco batida, mas estamos falando da maravilhosa Nicola Yoon, que faz disso uma história tão linda, tão crível, tão real, que é impossível não se apaixonar por esse livro. Principalmente porque te faz pensar em coisas que aconteceram e você nunca tinha parado para pensar.
    A história do livro O Sol também é uma estrela é centrada em  Natasha e Daniel, mas também temos pontos de vistas e outros pontos explicativos, que nos fazem entender como nossos lindos chegaram ao ponto que chegaram.E detalhe, a história se passa em um único dia.
O sol também é uma estrela, e é a mais importante para nós. Só isso deveria valer um ou dois poemas.
    Natasha é uma jovem, no seu ultimo ano de escola, e desde os seis anos de idade mora nos EUA, só que ilegalmente. ela não lembra mais do Caribe, ou de sua familia ou amigos. Pra ela sua casa é os EUA. Mas seu pai, um ator que não conseguiu prosperar, acaba causando uma cena com a polícia e eles acabam sendo deportados. No seu último dia nos EUA, Natasha precisa correr para tentar conseguir retardar ou impedir sua deportação. Afinal, é seu último ano na escola, ela deveria estar procurando faculdades, como qualquer jovem que more nos EUA.E graças ao seu pai, que a decepcionou de todas as meniras, ela tem que abandonar tudo o que ela conhece, e isso só piora a situação entre eles.
Ninguém quer acreditar que a vida é aleatória. Meu pai diz que não sabe de onde vem meu ceticismo; mas não sou cética. Sou realista. É melhor ver a vida como ela é, e não como a gente quer que seja. As coisas não acontecem por algum motivo. Simplesmente acontecem.
    Daniel é filho de coreanos que tem uma loja de produtos para cabelos afro - ah esses alisantes xing-ling da vida - e ele não quer exatamente a vida que seus pais querem para ele. Que se forme médico pela segunda melhor faculdade do país, porque ele não conseguiu a primeira, que por sinal é frequentada por seu irmão babaca, que foi suspenso por um tempo. Mas ele segue o caminho que seus pais querem porque ele gosta da cultura de seus pais, e quer deixá-los orgulhosos, mesmo que ele queira ser poeta em vez de médico, e então ele vai fazer a entrevista para a faculdade dos sonhos deles.
    Acontece que o caminho de Daniel e Natasha se cruzam, de um jeito torto, mas que acaba fazendo do dia deles, inesquecível. De um lado temos Natasha, com a espada da deportação em cima de sua cabeça, e do outro Daniel, que tem a entrevista da sua vida. E desse encontro dos dois surge muitas coisas que marcarão a vida dos dois para sempre.Além de marcar a vida das pessoas que cruzam o caminho deles também.
Quando nossos olhos se encontram, sindo uma espécie de déjà vu, mas, em vez de parecer que estou repetindo alguma coisa do passado, parece que experimento algo que vai acontecer no futuro
    
    Natasha é uma garota realista demais, que já sofreu uma enorme decepção com seu pai e agora custa a acreditar no amor. Ela é negra, tem um enorme cabelo afro, uma atitude punk e é inteligentíssima. Me identifiquei com ela em alguns pontos. Adorei a personalidade dela porque é real e pé no chão, Ok, ás vezes ela se permite sonhar um pouco.
    Daniel é fofo de tudo, ele é sensível, acredita no amor, acredita que podem se apaixonar em um dia. Ele ama tudo profundamente. Ele tem alma de poeta e determinação  gigante. Adorei a forma como ela vai conduzindo sua relação com Natasha que é difícil pra você acreditar que tudo isso é em um dia só.
Adoro essa parte de conhecer outra pessoa. A forma como cada informação nova, cada expressão nova, parece mágica.
    E fora a história dos dois, ainda temos várias outras intercalando a história deles, que mudaram o rumo por causa deles ou mudaram a deles. Como por exemplo a história do advogado e da assistente, é muito fofinha,mesmo com todos os tcheretchetches que os dois fizeram para ficarem juntos, mesmo que o advogado pudesse ter mudado o rumo da vida de Natasha, como ela fez com a guardinha.
Não pode existir apenas este dia – diz Daniel uma vez, e depois mais duas. Natasha não conta qual a sua suspeita. Que destinados um ao outro não precisa ser para sempre.Eles se beijam, e se beijam de novo. Quando finalmente se separam é com um novo conhecimento. Têm a sensação de que a duração de um dia é mutável, e que do início jamais dá para ver o final. Têm a sensação de que o amor muda todas as coisas o tempo todo.
    Nicola Yoon até agora só me surpreendeu, estou ansiosa pelo filme de Tudo e todas as coisas , que será relançado pela Arqueiro!!
   A diagramação está perfeita, assim como o acabamento e a capa. Leiam!! Ah e o final é surpreendente e ao mesmo tempo não é... É fofo!!

Dizemos a nós próprios que existem motivos para as coisas que acontecem. Mas, na verdade, só estamos contando histórias para nós mesmos. Inventando. Elas não significam nada.
Beijos Beijos


♪♫For your eyes only, I'll show you my heart.  For when you're lonely and forget who you are .I'm missing half of me when we're apart. Now you know me, for your eyes only. For your eyes only .♪♫
    No livro, a avó de Poppy dá a ela um pote para guardar seus beijos de meninos, mas na verdade é para guardar os caquinhos do nosso coração partido. Porque,  mesmo com meu coraçãozinho peludo, chorei horrores!
    Mas vamos devagar com o andor, porque se não desabo de tanto chorar de novo.
Corações de  luar  e  sorrisos de  amanhecer
.  O livro conta a história de Poppy e Rune desde que tinham 5 anos e se encontraram pela primeira vez.
    Poppy era a garotinha da casa ao lado de Rune, uma garotinha linda que usava um laço enorme em seus cabelos, e um sorriso mais enorme na sua face. Rune era um garotinho que estava furioso por se mudar da Noruega para o EUA, mas assim que ele chegou, Poppy já estendeu sua mão e o chamou para aventuras, afinal ele parecia um viking com seus olhos azuis e cabelos loiros e longos. E ela se tornou da a Poppymin dele.
    Tudo começa a mudar entre os dois quando eles tinham oito anos e a avó de Poppy deixa uma última missão para ela antes de morrer, encher o seu potinho com mil beijos de menino. Assim quando ela tivesse a idade de sua avó poderia ler os coraçõezinhos de papel e relembrar os melhore beijos e contar a seus netos. E seu primeiro beijo foi naquela mesma tarde, com Rune na árvore de cerejeira no bosque de flor perto da casa deles.
Abri o frasco e tirei um papel  de coração  rosa em  branco.Segurei -o no  ar entre mim  e  Rune. — Isto  é um  beijo  vazio. — Eu  apontei  para  o frasco. —Vovó me deu mil para coletar em minha vida. — Eu coloquei o coração de volta no frasco e peguei a sua mão. — Uma  nova  aventura,  Rune. Coletar mil beijos-de-menino da minha alma gêmea, antes de morrer
.    A partir disso Poppy e Rune se tornaram um só, e o potinho com mil de beijos de menino, só aumentava com o passar do tempo, até que com 15 anos eles são obrigados a se separar , ele tem que voltar a Noruega, e isso faz com que Rune fique cada vez mais e mais sombrio, principalmente porque a luz que deixava as sombras longe para de retornar suas ligações e mensagens, deixando ele na completa escuridão - poético né .
Você me fez  assim,  Poppy.  O  Rune  que  você conhecia morreu quando você se transformou em uma cadela e quebrou todas as promessas que você já fez.
.    Dois anos depois Rune está de volta a cidade americana, assim como Poppy ,que também partiu da cidade pouco tempo depois que seu amado.Mas as coisas parecem diferentes, Rune está mais dark e bem rebelde e Poppy continua aquela menina meiga e que vê o lado bom de tudo. E quando eles se reencontram e conseguem colocar o passado em dia, eles descobrem que não tem tanto tempo assim no futuro.
Porque eu não posso, Poppymin. Eu não posso vê-la partir. Eu não posso suportar a ideia de não ter você deste jeito para o resto de nossas vidas. —Ele engasgou com um soluço, mas conseguiu  dizer, — Como pode  um  amor  como  o  nosso  ser quebrado? 
    Poppy é a personagem mais linda e fofa dos livros que já li que não é chata, nem mimimi, muito menos tonta, ela é forte, inteligente e gentil. E consegue iluminar a todos a sua volta. Inclusive Rune, que sempre teve um pezinho no lado dark da força, inclusive a gente mal reconhece ele quando ele volta da Noruega. Ele bebe, fuma, trata o pai horrivelmente. Fiquei com vontade dar uns socos na cara dele, mas aí passou conforme fui lendo.
    Os personagens secundários também dão uma ajudinha para que o livro fique mais crível, mas real e principalmente, roubam nosso coração também, como o irmãozinho do Rune, Alton.
Eu  não  quero  que Poppymin vá a lugar algum. Ela fez você falar comigo. Ela fez você  ficar  melhor comigo,  ser  meu  amigo  de  novo, — ele fungou. — Eu não quero que você fique com raiva novamente. 
    Tillie faz a história ficar bem amarradinha e, claro, faz questão de quebrar nosso coração em caquinhos, e tenta juntá-lo depois, mas já adianto que muitas lágrimas surgirão , não só no final. Leiam!!!! Vocês não se arrependerão!
Não, — vovó sacudiu  a  cabeça, — esta não  é a nossa verdadeira casa, garotinha. Esta vida... bem, é apenas uma  ótima grande  aventura  enquanto  nós a  temos.  Uma aventura  para  desfrutar  e  amar  com todo  o  nosso  coração antes de irmos para a maior aventura de todas
Beijos Beijos

    Olá amorecos,

FELIZ PÁSCOA!!!!!

    Mil desculpas por ter abandonado vocês esta semana, mas semana Santa para mim é sempre a mais ocupada do ano - e para a maioria dos católicos. Tanto que nem descanso muito nesse feriado.
    Mas hoje é Páscoa!! Jesus ressuscitou e é hora de agradecer ainda mais. Se você não crê, seja por religião ou opção, agradeça a divindade na qual acredita , ou ao universo, ou só solte os agradecimentos ao vento, porque é sempre bom, energia positiva atrai energia positiva.
 
    A família, Deus e amigos
    Agradeço por me aturarem quando eu estou chata, por ficarem do meu lado mesmo quando eu talvez não mereça. Obrigada mesmo.

    As blogueiras literárias e a vocês leitores.
    Afinal não teria sentido eu escrever aqui no blog sem vocês aí do outro lado. E as amizades que esse mundo literário me proporcionou, graças á ele, ganhei até uma gêmula <3

    Aos livros, filmes e músicas
    Agradeço ao mundo nerd e literário por me ajudaram a deixar a vida mais leve, mais gostosa e muito mais divertido - mesmo que ás vezes deixe a gente nervoso com umas adaptações porcas né...

    Ao meu trabalho
    Mesmo que ele me deixe louca e muito estressada, eu amo as pessoinhas que trabalham comigo e também graças a ele, tenho dindin para gastar na minha eterna wishliterária.

    A Coelhinho da Páscoa
    Na verdade, não deveria agradecê-lo afinal ele não me trouxe nenhum ovo de páscoa. Mas só de birra vou agradecê-lo por me deixar fitness... mesmo que minha mãe tenha comprado uma barra de 1 kg de chocolate em barra XD

Livro:
    Quando a Bela domou a fera. Gente fazia muito tempo que não lia um livro tão fofo assim. Ele foge um pouco dos padrões dos romances de época, e faz a gente rir e suspirar bem mais, Eloisa James é diva!!!

Filme:
    Hmm, então não vi nenhum filme - again - mas vou aqui falar de um filme que eu amo muito que é O príncipe do Egito. Esse desenho é incrível. É bíblico, mas é perfeito.

Música:
     Como não podia deixar de ser, a trilha sonora de O príncipe do Egito é maravilhosa e tem como sua musica principal When You Believe, canção de Mariah Carey e Whitney Houston, que é sensacional.


♪♫ Who knows what miracles, you can achieve.When you believe, somehow you will. You will when you believe♪♫

E vocês são agradecidos pelo quê essa semana??
Beijos Beijos

Olá amores,

Mais uma semana se passou, e essa passou bem rapidinho, e lembrando que semana que vem já é páscoa, vamos agradecer porque essa semana que entra é a mais importante do ano - pelo menos para nós católicos -, que é a ressurreição de Cristo, e se tem uma coisa que devemos fazer sempre é agradecer pela graça de estarmos vivos, e claro pelas pequenas e grandes graças do dia a dia. Então vamos aos agradecimentos.

Meus pais
Sei que sempre agradeço a familia e amigos - que já deveria ser hors concours - mas é que tem semanas que devemos agradecer mais ainda. E essa semana agradeço aos meus pais por estarem sempre comigo. Amo muito, muito.

As pessoinhas lindas com quem trabalho.
Agradeço as pessoas com quem trabalho que fazem do ambiente o melhor lugar para se trabalhar. É sempre divertido, e tem altas gordices.

As Gordices
Que sempre aproximam ainda mais as pessoas. hahaha

A autores que nos fazem pensar 
Nem sempre os livros nos fazem pensar, e essa semana eu li um livro que me fez pensar em como devemos viver a vida em sua plenitude, afinal, nunca sabemos o dia de amanhã. E amar profundamente, pois o que fica da gente quando a gente vai para a "casa" é o amor que deixamos.

A vida
Que a gente sempre saiba viver e aproveitar cada momento com quem amamos, afinal a vida é curta, e estamos de passagem, nessas horas que eu penso, "por que trabalhamos tanto, estudamos tanto?", e por isso, ás vezes perdemos algumas coisas que jamais voltam. Por isso, sempre tento dedicar um pouco do meu tempo com cada pessoa que gosto, mas a correria do dia a dia, por vezes, não deixa.

Livro:
Essa semana eu acabei de ler A thousand boy kisses, da Tillie Cole, que sairá pela Editora Planeta agora dia 14/04, como Mil beijos de Garoto. Eu comecei ele várias vezes, mas é tão lindo e triste que eu parava, mas eu finalmente criei coragem e terminei ele, e realmente ele partiu meu coração, de varias maneiras, mas ele também trouxe aquele quentinho, sabe. Ai gente, tem resenha dele essa semana, então por favor ignorem as marcas de lágrimas, ok?

Filme:
Ai, gente, essa semana não assisti nenhum filme assim, então vou indicar um que eu acho magnifico que é o filme francês de A bela e a Fera. Esse filme é lindo, tem uma fotografia maravilhosa e a história é diferente da Disney. Mas é incrível. Assistam - em francês fica muito mais romântico!!!
Esses cãozinhos são umas graças *=*

Música:
A Tillie Cole fala de uma música no livro A thousand boy kisses - aliás, ela dá uma playlist inteira - e eu me encantei por essa do One Direction que super combina com a história. If I Could Fly!

♪♫For your eyes only, I'll show you my heart. For when you're lonely and forget who you are
I'm missing half for me when we're apart.Now you know me, for your eyes only. For your eyes only ♪♫

E vocês, agradecem pelo o quê essa semana?
Beijos Beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...