Oie amores,

Vi essa tag e resolvi responder, quem quiser responder, que fique a vontade.


1. Um livro que você tem mas nunca leu

Hmm, essa é fácil. Eu tenho vários lá. Mas acho que um que eu sempre protelei para ler foi Delírio da Lauren Oliver. Não sei o porque.

2. Um livro que virou filme

Outra fácil, hoje em dia são muitas adaptações, mas uma que me levou a ler o livro depois de assistir o filme foi Três metros sobre o céu do italiano Federico Moccia.

E o autor está trabalhando no terceiro livro da série - o segundo é Sou louco por você - e preciso saber sobre Babi, Step ( ou Hache) e Gin , Palina ( ou Katina) e os outros.

3. Um livro que você comprou porque a capa era linda

Lago perdido. Comprei um livro da autora na Bienal de 2012 porque o estande da Planeta estava em promoção e eu achei a capa tão linda que simplesmente comprei. Mal sabia eu que iria me apaixonar pela escrita doidinha da Sarah Addison Allen. Esse é o livro mais recenete dela *=*

4. Um livro que os seus amigos amaram

Ish, tem vários. Mas acho que, no geral, seria Harry Potter ... hahaha

5. Um livro publicado neste ano

The Kiss of Deception <3


6. Um livro de um autor que você nunca leu

George R. Martin. Sim, eu nunca li Guerra nos tronos.


7. Um livro que você amou … leia-o de novo!

Orgulho e Preconceito da Jane Austen. Sempre que posso releio, o mais novo é ele lançado em HQ peloa Editora Nemo!


8. Um livro que acontece em um lugar que você sempre quis estar

Cartas para Julieta se passa em Verona e ele conta várias histórias dos voluntários e das cartas que chegam aos montes por lá. Queria muito ir á Itália e ao Leste Europeu. Além da minha amada Irlanda, claro.


9. Um livro que você começou a ler mas nunca terminou

As crônicas de Nárnia é aquele tipo de livro que você não pode ler de uma vez, aliás , até pode, mas é mais gostoso ler os livros separadinhos. Mas eu devo confessar que ainda faltam uns livros.

10. Um livro de poemas

Eu não achei os meus da Cecília Meireles, Então peguei Filtro Solar .


11. Um livro que você deveria ter lido durante a escola, mas não leu

Um jeito de viver, eu deveria ler acho que na quarta ou quinta série, mas não li. Só vim a ler anos depois porque meu irmão mais novo teve que ler.

12. Um livro que todo mundo leu, menos você

Os instrumentos mortais. Não gostei muito da série. Não me matem. Não gostei de Clairy e Jace. Sei lá, nosso santo não bateu. Já Peças Infernais eu amei. vai entender.

13. Um livro de um autor que você ama

O diário da princesa, da Meg Cabot. Meg é minha diva. Surtei quando ele autografou meu livro. A emoção só seria maior com J.K .


14. Um livro baseado em uma história real

Mais pesado que o céu é uma das biografias mais fiés de Kurt Cobain. O livro é fantástico.


15. Um livro que tem mais de 10 anos de existência

As Rosas Inglesas, foi lançado aqui em 2003. A série tem seis livros e são umas graças. É um livro escrito por Madonna para crianças.


E vocês? Já leram alguns desses. Respondam a tag também!!

Beijos Beijos

Quando eu peguei Menina Má para ler, emprestado e furando a fila de milhares, haha, eu não tinha idéia do que esperar realmente. Eu aconselho a você pular o prefácio e ir direto para a história e depois voltar.

Menina Má conta a história de Christine Penmark, uma mulher que se mudou a pouco tempo para um conjunto de apartamentos com seu marido Kenneth, um oficial da Marinha e sua filha de oito anos, Rhoda.

Christine e o tipo de mulher que chama atenção: Loira, bonita e simpática, ela ainda carrega consigo o fato de ser filha de Richard Bravo, um jornalista muito famoso. Ela e o marido formam um daqueles casais típicos americanos. Ele é da Marinha e ela trabalhava em uma galeria de arte. Até que tiveram que se mudar devido a um pequeno acidente envolvendo a pequena Rhoda.

Rhoda é uma dessas garotinhas lindas e educadas, que mais parecia uma pintura com seus cabelos castanhos. Mas Christine não sabe explicar porque sua filha não age como uma criança normal, muito menos porque ela se dá melhor com os mais velhos ou ainda porque estranhos acidentes sempre acontecem quando a garotinha está perto.
Qualquer um dos incidentes talvez pudesse ser minimizado como um desses infortúnios inevitáveis que acontecem em toda parte e com todo mundo; mas, tomados juntos, comparando-se as semelhanças entre ambos os mistérios, o efeito era mais forte, mais difícil de ser relevado pelo simples raciocínio lógico.
Em um dos trabalhos do pai, no qual ele se ausenta da cidade por alguns meses, é que a história acontece. Tudo começa com a morte de um menininho durante um passeio da escola em que Rhoda estudava. Ninguém conseguia dizer como aquele garotinho conseguiu se afogar. Ou porque a medalha de melhor aluno, que Rhoda deveria ter ganhado, desapareceu da roupa dele.

Até aí tudo ok, mas Christine por algum motivo não consegue parar de pensar no fato que Rhoda queria muito essa medalha, e que a sua filha é um tanto fria e não sossega enquanto não consegue o que quer. Mas uma mãe não poderia acreditar que sua filha seria capaz de uma maldade dessa. Ou poderia?

 Além disso, quem é normal tende a visualizar o assassino em série como alguém tão monstruoso por fora como o é por dentro, o que não poderia estar mais longe da verdade.

Mal dá para acreditar que  esse livro foi escrito há 62 anos atrás, isso mesmo foi escrito em 1954, mas é totalmente contemporâneo, o que dá mais medo ainda.

Este é um daqueles tipos de livros que vai te levando despretensiosamente pela história,misturando o cenário atual com lembranças e fatos do passado dos personagens até que nós estejamos tão ansiosos pelo que vai acontecer que aí sim ele vai trabalhando a parte psicológica. Eu confesso que fiquei com medo dessa criança demônia linda. O medo é puramente psicológico, e somente uma cena me deu agonia, a cena envolve fogo e um lago, quem leu sabe do que estou falando.

A principal é Christine, mesmo que no começo eu achasse que seria a Rhoda. Acho que isso que me deu mais aflição, não saber o que a garotinha pensava, o que ela sentia, o que se passava dentro dela. Christine é uma mulher que basicamente tem tudo o que se podia esperar, um apartamento bonito, uma marido que a amava e que tinha um bom emprego, bons vizinhos, e uma filha adorável, quando queria.

Para ela tudo estava muito bom, ela estava feliz. Mesmo que ela sentisse que alguma coisa faltava. Ela era uma pessoa alegre, tinha bons vizinhos e tinha amizade com eles. O que a preocupava ás vezes era Rhoda mesmo. E foi isso que a fez mexer em um assunto que não deveria ter mexido. Tem coisas que devem permanecer enterradas no passado. Mesmo que seja o seu passado.
O que Christine queria saber era: quando essas pessoas começavam a carreira? Crianças também matavam ou ela estava certa em presumir que só adultos cometiam esses atos terríveis?
Rhoda, é um personagem complexo, porque você não sabe muito bem o que esperar da menina. Aliás, sabe mas não quer acreditar que realmente exista gente assim. Sem falar que ela poderia ser encantadora se quisesse. O problema é esse, penso eu. Conforme você vai entrando na história, você vai vendo a máscara de Rhoda cair e vendo uma mãe atormentada, decidindo o que fazer.

Os personagens todos são bem elaborados e todos tem personalidades um tanto dúbias.

Um dos exemplos são vizinhos de Christine, os irmãos Monica e Emory. Os dois são muito espalhafatosos. Ela uma divorciada, com tendência a analisar tudo e todos, pela linha de raciocínio de Freud. E ele, um solteirão, que como a irmã mesmo diz, é um “homossexual enlarvado”. Mas os dois são personagens que ao longo do livro vão mostrar que são um pouco mais profundo que aparentavam.

Já os outros três que são muito citados são: a Sra Daigle, que surta completamente depois da morte do seu filho, e que põe na cabeça de Christine idéias sobre a sua filha, Reginald, que ajuda Christine em suas pesqueisas mesmo sem saber, e o nojento Leroy, que faz de tudo para atormentar Rhoda, sem saber com quem está mexendo e se acha muito injustiçado pela vida.
Eu não tive chance”, disse Leroy. “Nunca tive chance de ser alguém na vida.

Teve chance, sim. Muita chance. Só que é preguiçoso.
Conforme vamos nos envolvemos ainda mais na história , nossas teorias vão caindo por terra e nos faz pensar: até que ponto isso é verdade? Até que ponto uma mãe vai para proteger seu filho? Será que carregamos mesmo a semente do mal e quando menos esperamos ela floresce em um ser aparentemente inocente?
Parecia-lhe que sua filha, como se pressentisse que algum fator de corpo ou de alma a separava dos seus semelhantes, tentava acobertar essa diferença simulando os valores que os outros de fato prezavam. Porém, como não havia nada de espontâneo em seu coração para orientá-la, ela precisava usar como substitutos o raciocínio, a ponderação, a experimentação, para apenas assim ir tateando e descobrindo, às cegas, o caminho para melhor arremedar as mentes e as intenções de seus modelos.
Esse livro me lembrou e muito o filme "Anjo malvado" com Macaulay Culkin e Elijah Wood. Depois vi que o filme foi inspirado nesse livro, o que indica o porquê da semelhança. E eu adoro esse filme. Ah tempo bom que eu assistia sessão da tarde.

Uma coisa que me deixou encucada foi a descrição da menina, Já que a imagem da capa é uma boneca loira. E o filme também é todo ao contrário.  Mas o terror psicológico é o mesmo.
A criança deu meia-volta para que a mãe pudesse inspecionar seu cabelo, que era liso, fino, castanho-escuro e opaco.


Resumo da ópera:

Leiam. É muito bom. Mas se você é uma pessoa impressionada com tudo, aconselho que vá com calma.
O que você me dá se eu der para você uma cesta de beijinhos?
Uma cesta de abraços!
Beijos Beijos

Amores passando aqui só para falar que dia 20 o blog volta a ativa, ok.
Minha avó faleceu semana passada e não estou muito bem para fazer as resenhas e afins. Peço que me desculpem.

Enquanto isso aproveitem e participem das promos.
Obrigada.

Beijos Beijos


Olá amores,

Não sei vocês mas toda vez que estou fuçando as prateleiras virtuais atrás de promos bacanas, sempre encontro livros com capas lindas e que me dá vontade ler. E assim minha wishlist só aumenta.

Mas o que me encanta mesmo são as capas de mangás e HQs.

Então agora vou mostrar aqueles que estão na minha Wishlist a algum tempo, e outras que entraram por causa deste post haha.

Kotonoha no Niwa - Makoto Shinkai


Baseado no filme de Makoto Shinkai, “O Jardim das Palavras” é uma história tocante entre um casal unido pela chuva. Takao Akizuki é um colegial que sonha em ser sapateiro e passa os dias desenhando e criando novos modelos, numa manhã chuvosa, em uma de suas escapadas para desenhar, conhece Yukari Yukino no jardim. Os dois passam a conversar e uma conexão especial nasce, agora, sempre que chove durante a manhã, os dois se encontram no jardim.
Esse deve ser daqueles lindos que a gente se encanta do começo ao final!!

Ainda desse autor tem dois lindinhos :

5 Centímetros por Segundo - Volumes 1 e 2

A história se passa no começo dos anos 90, onde a internet ainda não era uma alternativa viável para comunicação a distância. Takaki Tono e Akari Shinohara se conhecem desde o primário, e um sentimento amoroso surge involuntariamente entre eles. A relação, porém, se complica quando Akari tem que se mudar para o interior do país e os dois passam a se comunicar somente por cartas. Com o passar do tempo, a situação só piora, pois, chega a vez de Takaki se mudar, para ainda mais longe de Akari. Na vida do garoto, também entrará uma nova personagem: a sonhadora Kanae Sumida. Será que ele conseguirá esquecer Akari? Irão eles se reencontrar no futuro?
Necessito ler *---------*

Amar e Ser Amado - Yukari Yashiki
Os caminhos que o nosso coração nos leva sempre são complicados. Asuka desde mais jovem foi apaixonada pelo seu melhor amigo, Taihei, mas nunca teve coragem de se declarar. Os motivos são aqueles de sempre: o medo de a amizade acabar, o medo de não dar certo. Por isso a garota sempre acompanha o amado de longe, enquanto vê ele se relacionando com outras mulheres.

Conversando sempre com sua amiga Keimi na empresa que trabalham, Asuka começa a ser abordada com mais frequência por um colega chamado Sengaku que a chama para jantar. Uma amizade entre os dois vai crescendo à medida em que o atual relacionamento de Taihei passa por problemas.

Asuka se vê dividida então por dois homens. De um lado tem o amor de sua infância, e do outro um cara que ela não gosta tanto, mas que gosta dela e pode fazê-la feliz. A grande questão da vida de Asuka passa a ser descobrir o que vale mais a pena: amar ou ser amado?

Amar e ser Amado é uma emocionante história de amor em volume único que chega ao Brasil pela NewPOP Editora e promete fazer seus leitores pensar em suas próprias vidas amorosas. Afinal, apenas num mangá o amor é perfeito… às vezes nem lá.
Há tempos ando atrás desse e nunca encontro para comprar e quando acho o frete é mais caro que o mangá.

Coleção Ageha -  Koushi Rikudou 
Tateha é um garoto normal, que namora Ageha. E como todo adolescente, ele quer… consumar seu amor. Mas quando ele chega nos “finalmentes”… ele fica sabendo que ele está numa espécie de “experimento”. Tateha deve passar por várias versões de sua história e tentar “chegar lá” com sua namorada, e toda vez que não der certo, o “jogo” reinicia e a tortura se repete. E claro, cada nova rodada é uma maluquice diferente!
Socrates in Love. O Amor Sobrevive ao Tempo -  Kazumi Kazui
Baseado no romance Sekai no Chuushin de Ai wo Sakebu, de Kyoichi Katayama, Socrates in Love – O Amor Sobrevive ao Tempo, lançado pela Editora JBC, narra através do traço delicado, mas contundente, da desenhista Kazumi Kazui o trágico primeiro amor de um casal de adolescentes. O romance nasceu quando o escritor japonês Kyoichi Katayama, ao ler um livro de filosofia, deparou-se com a frase: "o amor é uma forma de violência que obriga as pessoas a pensarem". Intrigado, ele decidiu criar uma história que simbolizasse a ideia. O livro mais vendido do Japão virou mangá e o sucesso de venda se repetiu, tanto no Japão quanto nos Estados Unidos. O enredo é tão forte e cativante que emocionou até a desenhista Kazumi Kazui que, a partir da metade da história, criou todos os desenhos com os olhos cheios de lágrimas.
Gente se até quem criou os desenhos chorou, já imaginaram o que será de nós?

Anohana. Ainda não Sabemos o Nome da Flor que Vimos Naquele Dia - Volume 1 -  Cho-Heiwa Buster (Autor), Mitsu Izumi (Autor)
Narra a história envolvendo seis amigos: Jinta, Meiko, Naruko, Atsumu, Tetsudou e Chiriko. Quando eram ainda crianças, certo dia enquanto brincavam, Menma, como era chamada carinhosamente Meiko pela turma, acaba sofrendo um acidente fatal. Após o ocorrido, cheios de culpa, pouco a pouco os cinco amigos se separaram e cada qual seguiu com sua vida. Anos depois do acidente, Jinta ainda parece ser o mais afetado pela morte da amiga. Ele desistiu dos estudos e vive quase insolado em sua casa. Mas, para a sua surpresa, em um certo verão, ele passa a ser visitado por Menma. A princípio ele acredita que aquilo não passava de uma mera alucinação causada pelo estresse e o trauma da perda da colega. No entanto, Menma revela ser um fantasma. A aparição da garota serve para Jintan, como ela o chamava, reencontrar seus antigos amigos e descobrir – e cumprir – a promessa que foi feita para Menma antes dela morrer. Só realizando esse seu último desejo, a doce menina poderá seguir seu caminho.
OMG!! Necessito ler este!!! Tem fantasmas, amigos e aventuras com certeza!! São 03 volumes.

MADE IN HEAVEN JURI - VOLUME ÚNICO - Sakurai Ami e Yashiki Yukari
Quando Juri conheceu Kazemichi, sentiu como se estivesse conhecendo alguém muito parecido com ela. Mas o que ela não sabia é que ele costumava se chamar Reiji, um rapaz que quase morreu em um terrível acidente de trânsito mas foi reconstruído com próteses e recoberto com pele artificial. Ela também não sabia que alguns órgãos do corpo dele eram artificiais, ou mesmo que ele estava prestes a morrer. No fatídico dia em que Kazemichi morre, Juri começa a descobrir alguns segredos sobre o passado do jovem: sua mãe, a empresa que o reconstruiu e o homem que deu a ele o nome Kazemichi.
Esse é um pouco diferente dos meio tristes que coloquei até agora huahua

Do autor  Hiro Kiyohara tem três que estou super interessada:Só Você Pode Ouvir,Feridas e Tsumitsuki.

Só Você Pode Ouvir
Ryo é uma garota com muita dificuldade de se comunicar com seus colegas de classe, e que queria muito ter um telefone celular, já que todos têm um. Seu desejo é tão forte que ela começa a imaginar como seria seu “celular dos sonhos” em todos os detalhes. Até que a garota se imagina fazendo uma ligação pelo celular imaginário. Mas… alguém atende! Tem uma pessoa do outro lado da linha!

Feridas 
Keigo e Asato frequentam uma classe para crianças que precisam de cuidados especiais. Um por que era agredido pelo pai; o outro, porque foi esfaqueado pela própria mãe. Os dois garotos são obrigados a guardarem em seus pequenos corpos o sofrimento, as feridas e as tristezas empurradas goela abaixo pelos adultos. Até que Asato descobre que possui um poder mais do que especial: ele agora é capaz de transferir os machucados alheios para o seu próprio corpo.


Tsumitsuki 
Cidades do interior são conhecidas por suas lendas urbanas, carregadas de mistérios e aparições sobrenaturais. Em uma delas, a lenda local é sobre os Tsumitsukis, espíritos que se alimentam do remorso das pessoas que cometem alguma atrocidade. Chinatsu Takada, uma garota que mudou-se recentemente para tal cidade, irá conhecer de perto o terror que os Tsumitsukis afligem sobre as pessoas quando deparar-se com Kuroe, um misterioso garoto que mora no templo local e parece conhecer até bem demais sobre esses espíritos e o destino cruel que recai sobre as pessoas que com ele se encontram.
Adorei esses do Hiro Kiyohara porque todos tem uma pegada sobrenatural, tá alguns mais que uma pegada né.

Helter Skelter -  Kyoko Okazaki
 
Ganhador do “Prêmio Cultural Osamu Tezuka” de 2004, Helter Skelter é uma história de volume único da controversa Kyoko Okazaki. Após várias plásticas extensivas e manutenção vigorosa, Lilico se tornou a beleza em pessoa, se tornando uma modelo, atriz e cantora de enorme sucesso. No entanto, logo seu corpo começa a reagir mal às tantas cirurgias e ela se vê em decadência física. Agora ela é obrigada a encarar as consequências do que fez e o inevitável fim.
Olha elaaaa!! È gente, ficar mexendo muito no corpinho, tem hora que dá fail. =/

CROQUIS - HinakoTakanaga
Nagi tem um trabalho de meio período como modelo numa escola de arte e ultimamente ele vem notando o olhar de um aluno em especial. Kaji parece bem amigável, mas Nagi tem medo de revelar seu maior segredo: Ele é uma drag queen e está guardando dinheiro para fazer grandes mudanças! Será que Kaji aceitará Nagi como ele é ou ele será esnobado novamente?
Por isso amo os mangás, eles falam mesmo e quem não quiser que não leia.

Hansel & Gretel volume 1 - Douglas MCT (roteiro) e Rafi de Souza (arte)
Um casal de gêmeos, atormentados por um passado sombrio, segue na busca pelo pai em uma metrópole cheia de perigos e outros personagens cativantes. Em Echtra, eles recebem a proteção de um gato de botas, conhecem uma menina de capuz vermelho e são caçados por um habilidoso mercenário. Enquanto isso, um flautista comanda zumbis pela cidade e um garoto perturbado usa os poderes da escuridão para encontrar a Flauta de Pan. Os irmãos, porém, não são tão normais quanto alguns desses personagens acreditavam.
Zumbis!!!!

Fallen Moon (Yaoi) - Toui Hasume
Uma edição majestosa de contos yaois. Delicie-se nestas fascinantes histórias de fantasia das trevas: Um anjo que se apaixonou por um humano. Um demônio que desejava um anjo. Aqueles que cometem o pecado da imoralidade são expulsos do Paraíso e tornam-se anjos caídos! Um pobre pintor termina o retrato de uma mulher mesmo sem uma modelo e relembra seu passado esquecido; Um rapaz é descriminado pela sociedade pois possui um olho capaz de ver demônios; Será que um dia essas almas mergulhadas em tristeza profunda terão dias de paz...?
Necessito!!!!

Tem também Solanin de Inio Asano 


Solanin 1, do premiado quadrinista japonês Inio Asano, o jovem casal de namorados Meiko e Taneda decide dar uma virada em suas vidas e ir atrás de seus sonhos de música e liberdade.

Solanin 2, a segunda e última parte da aclamada história do mestre dos mangás Inio Asano, mostra que, frente ao abismo entre os sonhos e a vida como ela se apresenta, às vezes improvisar é a única saída possível.
Na ausência de Taneda, cabe a Meiko manter vivo o espírito da banda e a união de seu grupo de amigos. Tendo que enfrentar momentos difíceis, atormentada pela depressão e pela falta de perspectivas profissionais, ela ainda precisa subir ao palco para interpretar uma canção muito especial: "Solanin".

Publicado originalmente na revista Weekly Young Sunday entre 2005 e 2006, Solanin foi indicado em 2009 aos prêmios Eisner e Harvey de melhor mangá publicado nos EUA no ano anterior. Em 2010, foi lançada nos cinemas do Japão a versão cinematográfica da série estrelada pela cultuada atriz japonesa Aoi Miyazaki.
Eu gostei da sinopse porque parece ser daqueles que tocam o coração sabe.

E tem os mais que lindos do autor  Takashi Murakami.
A história conta uma aventura vivida por dois companheiros, um simples senhor, sem dinheiro, emprego, ou família, e seu cachorro, que farão o possível para viver e sobreviver a sua “viagem” pelo interior do Japão. O grande diferencial da narrativa fica por conta do ponto de vista. Os acontecimentos são vistos sempre pelo olhar do cachorro, e a perspectiva canina dos fatos e seus sentimentos são os companheiros do leitor ao longo das páginas.


Está mangá é continuação de "O Cão que guarda as estrelas"., publicado no Brasil pela Editora JBC em 2014.A obra rendeu ao seu autor uma série de prêmios e indicações, em diversos países, conquistando a vitória nas categorias "Livro de platina eleito pelos leitores" e "Livro para Chorar", do "Da Vinci Book of the Year" de 2009, e sendo eleito pela "Great Graphic Novel For Teens" da "American Library Association" um dos dez melhores livros de 2013. No Brasil, o mangá foi indicado ao prêmio HQMix de melhor Edição Especial Estrangeira e melhor Publicação Infanto Juvenil. Fora as críticas , a obra também foi muito bem recebida pelo público, vendendo mais de 400.00 cópias no Japão e ganhando uma adaptação para o cinema em 2011.
Agora esses estão há tempos na minha wishlist... *Fica a dica para quem quiser me presentear haha*

E sempre tem as série mais longas, que só vou colocar as capas dos primeiro volumes ok?

Alice Hearts - Volumes: 6 edições


Alice Liddell é uma garota insegura que se vê arrastada para uma situação bem bizarra: enquanto cochilava ela é levada por um homem-coelho chamado Peter White, para um estranho e perigoso mundo de fantasia conhecido como Wonderland. Lá ela encontra uma galeria de personagens carismáticos e totalmente misteriosos que parecem sempre estar escondendo segredos obscuros. Longe de ser um lugar pacífico, Alice descobre que o poder de Wonderland está sendo disputado por diferentes grupos e essas facções estão prestes a ter sua disputa abalada com a chegada da garota que apenas quer voltar para casa. Porém, confiar em qualquer um dos habitantes de Wonderland pode ser um erro fatal, já que esse país das maravilhas mais parece um tabuleiro insano, onde Alice se encaixa como uma peça fundamental neste arriscado jogo!
Este foi lançando dois volumes, por enquanto.

MADOKA MAGICA
Tudo começa com um simples sonho, Madoka vê a cena de uma luta onde uma jovem batalha contra uma criatura monstruosa. Mas, que surpresa para ela quando a mesma menina aparece no dia seguinte em sua escola, sendo transferida para sua classe!
Ainda naquele dia Madoka, junto com uma amiga, ouve um chamado de socorro e encontra a aluna transferida perseguindo uma pequena criaturazinha. Madoka e Sayaka ajudam o bichinho, mas acabam presas na dimensão paralela.
O monstrinho, que se chama Kyubey, explica a elas que bruxas e monstros vivem naquele lugar se alimentando dos seres humanos. E, se elas concordassem em caçá-los ele realizaria um pedido, qualquer pedido.
E é assim que as duas meninas descobrem o mundo mágico das Puella Magi (garotas mágicas) e suas aventuras começam, mas nem tudo neste mundo mágico são flores e alegria.
Madokaa Magicaaaa!!! Amoooo!!!!

ORIKO MAGICA
As Garotas Mágicas estão de volta em mais um mangá: Puella Magi Oriko Magica!
Em Oriko Magica conhecemos uma das muitas dimensões que Homura visitou que, como ela mesma diz, é muito irregular. Nesta dimensão é onde mora a chamada Oriko, a garota mágica branca, que por causa de seu pedido consegue ver o fim do mundo e o perigo que Madoka representa. Decidida a mudar o rumo das coisas e salvar o mundo, ela passa a matar garotas mágicas com a ajuda de Kirika, a garota mágica negra.
Mas nem Oriko, nem Kirika contava com a força de Homura e das outras garotas mágicas. E a batalha se instala entre aquelas que desejam proteger suas amigas e aquelas que lutam pelo "bem maior". 
Reveja Mami, Homura, Madoka, Kyoko e Sayaka em mais esta história do mundo das garotas mágicas!
Esse é da mesma série da Madoka, mas eu ainda não li.

E ainda tem muitos mais como Lovely Complex, Sakura, Usagi Drop, entre outros.

Qualquer dia eu volto contando mais um pouquinho das que eu tenho!! Minha Wishlist não tem fim.

Beijos Beijos

Só para não perder o costume, vamos fazer o nosso papo de quinta em um dia que não é quinta... eu poderia colocar papo de segunda, mas não tenho banner para isso e teria que fazer outro, então é mais fácil eu explicar para vocês que eu comecei a escrever o post para ser postado quinta, porém, não consegui terminar a tempo e saiu hoje.

E o tema é : Livros nos tempos de tecnologia.

Bom hoje em dia nós leitores compulsivos temos uma gama enorme de livros ao alcance de nossas mãozinhas ávidas - veja bem que eu não disse que temos dinheiro suficiente para adquirir todos. E não estou falando de nossos amados livros físicos, e sim de outras opções que não tínhamos há alguns anos atrás.

E agora vou falar um pouquinho das que eu achei mais interessantes para nós nesse mundo tão tecnológico, porque desde que ganhei o Kobo, confesso que leio mais ebooks e isso me faz procurar sempre por coisas novas na área da literatura, afinal o importante é ler.

*Pausa para um desabafo rápido.*

Amo ebooks, embora seja um porre comprar na Amazon e passar pro Kobo e não, não tenho money para comprar um kindle , ou melhor o Kindle PaperWhite ou o Voyage, que são os que eu quero. E os ebooks na Livraria Cultura quase nunca tem desconto - ou seja são carinhos para o meu bolso.

*Voltando.* 

Eu, ao contrário de muitos, me adaptei muito bem com meu BFF Kobo, e agora somos inseparáveis - e a bateria dele dura mesmo bastante.

Não é que tenha abandonado os livros físicos, porque amo o cheirinho das páginas e o gostinho de virar as páginas e até ler o final antes de tudo - huahua me julguem - , mas a bolsa fica bem mais leve e tenho uns 200 livros me acompanhando diariamente... sim a minha TBR de ebooks está maior que a minha de livros.
E você não precisa necessariamente ter um e-reader Kindle/Kobo/Lev para ler ebooks, você pode baixar os app para ler no seu smartphone ou tablet.

E são muitas plataformas digitais,como o Scribd e o Kindle Unlimited que são pagos,  como uma "Netflix de livros digitais", com direito a uma imensa lista de livros. A diferença entre eles, é que no primeiro, você tem acesso a livros em inglês, e no segundo, em português. Se quiser testá-los antes de aderir, assim como o amadinho Netflix, os dois oferecem períodos gratuitos de uso - o do Kindle por 30 dias.

Agora se você não tem tanto money, você pode baixar os app gratuitos como o mais simples do Kindle, ou a sua nuvem, o da Saraiva, do Kobo, Wattpad entre outros. Eu aconselho o do Kindle, porque vira e mexe tem livro gratuito na Amazon ;)

Ah você é um daqueles fãs de quadrinhos. Pois bem, tem também um serviço disponível para você. A Cosmic,  tem um leitor de quadrinhos gratuito, o Cosmic Reader, que você pode usar para ler e organizar suas HQs digitais, e um  serviço de assinatura, com acesso livre ao acervo por 15 dias. Super legal né?

E não pense vocês que as crianças estão excluídas, porque elas também tem um serviço direcionado a elas. A Leiturinha Digital oferece uma biblioteca completa para leitores de 0 a 12 anos. A curadoria dos livros é feita por pais, psicólogos e pedagogos para proporcionar os conteúdos ideais aos pequenos leitores. O App tem conteúdos audiovisuais elaborados para colaborar com o desenvolvimento dos pequenos e é possível assistir a vídeos incríveis de contação de histórias que despertam a imaginação do seu pequeno. São conteúdos cuidadosamente selecionados que, além de divertir, contribuem com o desenvolvimento infantil.
E há aqueles que não gostem de ler, ou não possam, tem um serviço que eu ainda não conhecia chamado UBOOK, uma mistura entre Netflix com Spotify, só que de livros. Sim, estou falando dos audiolivros. Funciona do mesmo jeito que o amadinho. você assina o serviço e tem acesso a um extenso catalogo de audio leituras. Revistas, literatura clássica e contemporânea, livros religiosos, não ficção, podcasts estão no acervo, por exemplo. E o melhor é que você pode ouvir prévias dos livros antes de assinar, basta selecionar a opção

Viram quantas possibilidades no mundo online para nós leitores. Agora só escolher uma que te agrade.

Beijos Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...