Vocês devem ser tão fortes quanto esta prisão, tão fortes quanto a pedra e o oceano que as cercam. Vocês são concreto e arame farpado. Vocês são feitas de ferro.
Quando vi pela primeira vez essa capa eu já gostei porque ela é linda, já quando vi a sinopse fiquei meio pé atrás. Mas surgiu a oportunidade de ler, quando ganhei a prova antecipada do livro na FLIPOP deste ano ( falo dela amanhã) .E eu li em questão de dias - época de provas finais, =/ - e eu adorei, mesmo tendo adivinhado o final.

Estou falando do livro Graça e Fúria da autora Tracy Banghart que é lançamento do mês da Editora Seguinte. 

O livro conta a história de suas irmãs, Serina e Nomi, as duas criadas juntas mas de maneiras diferentes.Em um mundo que as mulheres não tem voz nem vez. Não podem escolher como viver, não podem ler, estudar. Somente fazer o que lhe disserem.

Serina foi criada para ser uma Graça, que é a esposa do Superior de Viridia, o que é uma honra e tiraria sua família da pobreza. Ela teve aulas de dança, costura e sempre se alimentou melhor que todos na casa.

Nomi foi criada para ser uma empregada, a aia de sua irmã. Ela aprendeu a limpar, cozinhar e vive furiosa por não poder ter as mesmas coisas que seu irmão gêmeo Renzo, que pode sair, estudar, somente por ter nascido homem. Mas ela não desiste, e aprende a ler e escrever , mesmo sendo proibido.

Quando Serina é escolhida para ir ao palácio ser apresentada como representante de Lanos, é uma honra para ela. Para Nomi, nem tanto, já que tem um segredo para guardar, e se descobrirem será morta.

Ao chegarem lá, depois de um encontro acidental com Malachi, o herdeiro do Superior, Nomi é escolhida para ser uma das três Graças do herdeiro, e Serina como sua aia. É aí que tudo desanda.

No momento do encontro acidental, Nomi havia acabado de roubar um livro da biblioteca, e quando sua irmã descobre, acaba sendo pega em flagrante com o livro na mão.

Serina em nenhum momento entrega a irmã, nem mesmo quando recebe a pior das sentenças, a prisão em Monte Ruína. E é la que ela vai aprender a desafiar todas as regras que aprendeu. Enquanto Nomi tem que aprender a não questionar tudo e que nem tudo o que pensa que sabe realmente é.

Como a saudade podia ferir mais que uma bala?

Esse livro é juvenil, então não esperem cenas calientes, mas tem triangulo amoroso - talvez - e cenas amorzinho.

Serina é literalmente uma graça, toda educada, fofa, sábia e que guarda para si  o que pensa, afinal foi criada assim. Já Nomi é a fúria em pessoa, estourada, ela quer fazer revolução, ela quer direitos iguais, e não pensa para falar.

Opostas, mas na hora que o cenário de inverte, cada uma lembra do que a outra faria. A graciosa canaliza sua fúria interior, e a furiosa encontra sua graça interior. Tudo isso para sobreviverem nesse mundo opressor.

Mas o livro tem personagens muito interessantes, como Malachi, o herdeiro sisudo e por vezes atencioso, Asa, o caçula e irmão de Malachi, mais aberto e simpático. Maris, a outra graça escolhida e que guarda um segredo que poderia levá-la a prisão.

Na Ilha conhecemos Oráculo, Petrel, Jacana, e tantas outras mulheres que foram jogadas lá por besteiras. E tem Val, o guarda bonitão que é gentil com as garotas - ai ai <3.E lá as mulheres têm que lutar pela sua sobrevivência e do seu bando. Umas contra as outras para divertir o babaca Mor Comandante Ricci e a tropa toda e conseguir os alimentos da semana.
Porque todos têm medo do que aconteceria se resolvêssemos lutar.
O livro termina com um ótimo gancho para o próximo, que por sinal já quero, e que te deixa aflito para saber mais. Ah e a autora não tem medo de matar personagem não, viu?

Adorei o livro porque mostra duas garotas, aparentemente diferentes, mas que na hora da tribulação são fortes e sabem que precisarão lutar para manterem suas vidas.

O livro começa devagar, aí vai continuando de boas, e você começa a achar que o bom mesmo vai ficar para o próximo livro, aí a coisa pega fogo e o circo incendeia. Tudo bem que eu não me espantei muito, porque você começa a ficar calejada depois de ler muita fantasia. Mas olha, fiquei passada com a ousadia da pessoa.

É um YA? É. É fantasia? É. Mas faz a gente pensar em coisas reais.

Afinal é um mundo machista e cheio de preconceitos contra mulheres como pano de fundo nesse livro. Dói saber que muitos pensam desta forma, mesmo hoje em dia. Que tantas mulheres tenham que lutar para não ser diversão dos homens, mulheres objetos, que não podem pensar, que não podem sentir, nem demonstrar a quem amam.
Não. - Nomi sentiu um aperto no coração. - Não é uma escolha quando você não tem liberdade de dizer não. Um "sim" não tem valor quando é a única resposta que se pode dar! 
Espero que a Revolução se faça nesse mundo de Viridia. E que a mulherada mostre quem manda nessa parada!

( Desculpem, me empolguei haha.)

LEIAM ESTE LIVRO !!


Fogo, respire
Água, queime
Terror, amaine
Seu reino terminou.
Fogo, respire
Água, queime
Estrela, guie
Sua irmã, chegou.

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...