Você sempre soube encontrar o seu caminho.
Segundo livro da trilogia A pousada, que começou com Um Novo Amanhã, O Eterno Namorado continua contando a história da Pousada Inn BoonsBoro, só que agora sobre o prisma do organizado Owen e da maluquinha Avery, que se conhecem durante toda a vida.

No livro anterior conhecemos um pouquinho os dois, mas agora em meio a conclusão do projeto da Pousada, Justine tendo mais idéias,a inauguração já batendo as portas,Hope se mudando de vez para a cidade, Owen e Avery estão a toda.

Owen é o irmão mais organizado, ele é o responsável pelos cronogramas , listas, documentos , administrar aqui e ali, responder emails e ainda por cima pesquisar o passado de Lizzy, que os ajudou tanto. Mas Owen ainda tem que lidar com os novos sentimentos que cercam ele e Avery, que se conhecem desde sempre, e vem sua amizade passar por uma transformação quando as coisas entre eles começam a esquentar.
E, se conseguir levar a ideia adiante, não apenas vou passar a noite com você, mas também vou preparar seu café da manhã.
Avery decide levar de forma bem leve o novo relacionamento com Owen, seu namorado de infância, que inclusive a pediu em casamento com um anel que vem em doce. Até porque ela não precisa de mais coisas além de administrar sua pizzaria Vesta, e fazer o que ama que é cozinhar, e claro, sempre cuidar dos amigos e de seu pai.

Só que quando o motivo de ser tão pé atrás com relacionamentos e de muitos de seus traumas, volta a sua vida ela não sabe o que fazer, mas sabe que não pode deixar Owen se envolver ainda mais, já ele pensa justamente o contrário.O problema é convencer Avery disso.
Apaixonar-se por Owen mais uma vez parecia uma loucura, exatamente como havia sido antes.

Avery é alegre, ativa e ama cozinhar, principalmente quando está com os sentimentos a flor da pele. E o faz muito bem.Não é a toa que a Vesta, sua pizzaria, está a todo vapor e ela tem planos maiores para isso. Mas enquanto sua vida profissional é bem focada , sua vida pessoal é meio bagunçada.

Ela foi abandonada pela mãe e seu pai fez o melhor que pôde para criá-la bem -  e fez bem e fez com a ajuda de Justine, que também havia perdido o marido. Mas mesmo assim ele sempre foi muito revoltada com isso, e tem medo que seja como a mãe e abandone tudo para sair por aí.
E percebeu que, no fim das contas, sentia alguma coisa, sim.Estava apavorada.
Owen é todo organizado e tem tudo planejado, menos é claro sua atração pela Avery, sua amiga desde sempre. Na pizzaria dela , ele se sente em casa e na companhia dela então , ele sente que está no lugar certo, mas quando o que era para deixar rolar, se torna algo mais sério, Owen tem trabalho para convencer Avery que ela não tem o que temer.
Só sabe dizer isso? Está bem, está bem…?– Neste momento, está parecendo ser a coisa mais segura.– Nada disso! – exclamou ela. – Nada vai ficar estranho entre a gente, e não diga “Está bem”
Os dois são muito fofos juntos, e claro que como todo casal do segundo livro das trilogias da Nora, eles são bem engraçados e bem mais simpáticos haha. Fora que a Avery me conquistou ao mudar tanto a cor do cabelo <3

A mãe dos moços, Justine, aparece mais e lógico, com mais surpresas. Vemos Clare escolher seu vestido e aquelas fofuras dos filhos dela e de Becket e claro, vemos mais de Ryder e Hope que nos deixa ainda mais ansiosos pelo próximo livro.

E temos mais notícias sobre Lizzy, descobrimos como se chama e sua ligação com eles e ela aparece!!! Ai gente acompanhar uma história dentro de outra história é sensacional!!

Leiam!!!

Beijos Beijos
Percebeu a alegria simples e imensa que brotava como um rio brando e cálido. Sentiu aquele sentimento crescer dentro dela também, algo amoroso e real, sólido e forte.

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...