Oiee amoress,

Hoje vamos falar de um assunto muito sério. A tal vingança pornô ou revenge porn.

Esse mês a Editora Arqueiro lançou dois livros : Intenso e Profundo, de Robin York, que tratam sobre sobre esse tema sempre em evidência na mídia e convidou todos os seus parceiros a discutirem sobre ele, em suas páginas.



O primeiro conta a história de Caroline Piasecki , que vê sua vida se transformar em um pesadelo quando o ex-namorado espalha fotos dela nua na internet. Desesperada, ela tenta fazer com que as imagens sumam da rede e, ao mesmo tempo, tem que se defender da multidão de pessoas que a julgam.
Um dia, quando um cara que ela mal conhece sai em sua defesa, tudo muda de repente. 

Eu estou lendo o primeiro , Profundo, e posso dizer que eu ainda não consigo definir meus sentimentos, porque eu fico terrivelmente penalizada pela Caroline pensar que ela é a puta da história. Desculpe o linguajar, mas é verdade. Não sei se sento e choro, com os pensamentos tão baixos sobre ela mesma,ou se chacoalho a guria ou se pego o Nate e  dou uns tapas.

Assim que vi a ação da editora fui pesquisar mais sobre o assunto e decidir qual forma abordar aqui e a cada depoimento que eu lia e ficava cada vez mais estarrecida.

Retirado do livro Mulheres da Carol Rosseti


Decidi não seguir uma linha de defesa, ou jurídico. Mas falar sobre o que eu vi nestes depoimentos.

Vi garotas perdidas, que acharam que estavam seguras com seus parceiros, e foram traídas dessa maneira vil e baixa. Vi comentários machistas dizendo que se a garota não quisesse ser exposta assim, não teria tirado fotos nuas ou fazendo outro tipo de coisa, vi comentários sobre o que eles iam fazer com elas. Vi mulheres defendendo. Vi mulheres atacando. Sim, atacando pelo fato de que a moça sabia que estava fazendo, que é vagabunda mesmo.

O principal motivo é quando a guria termina sem motivo aparente ou que terminou e arranjou outro. A vingança em si não está só nas postagens das fotos ou videos, mas em denegrir a imagem da mulher para pessoas conhecidas, como amigos, família, colegas de trabalho e vizinhos. Eles divulgam nomes e emails, oferecem ás vezes até  localização da vítima , que é pra não restar duvidas mesmo que é ela.

E não pensem vocês que são garotas de classe baixa e sem instrução. A maior parte são garotas de classe média alta - ou high society - e que acabam tendo sua privacidade invadida. Alguns dos depoimentos que li, as mulheres foram fortes, e foram em frente, algumas mais fortes e de cabeça erguida , outras nem tanto, demorando mais para se recuperar do golpe. Mas a maioria começaram com o mesmo sentimento de "A culpa é minha. Eu deixei. Eu que fiz" ou " Eu merecia isso?" .

E então vem a vergonha de saber que conhecidos e pessoas íntimas estão vendo aquilo. Imagine você andar na rua e não saber se estão te avaliando por causa disso, não saber se algum colega seu de trabalho não viu você nua na internet. E quando as portas começam a se fechar, na faculdade, no emprego, na vida social?

Pior ainda, algumas mudaram de nomes, de cidade, cortaram contato com pessoas conhecidas, se isolaram do mundo, gastaram um dinheiro que não tinham para limpar seus nomes na web. Afinal, imagine seu futuro empregador achando aquele seu vídeo fazendo sexo com o babaca do seu ex. E todos os seus sonhos e planos, vão por água abaixo. Toda a sua luta por algum lugar ao sol, acaba voltando a estaca Zero.

Ele se passou por mim em uma rede social para pessoas com fetiches sexuais incomuns. Ele postou fotos minhas no site. Em todas elas, o rosto é claramente visível. Em algumas delas estou nua. Ele tirou aquelas fotos sem o meu conhecimento ou consentimento e compartilhou-as com o mundo. Ele postou detalhes pessoais sobre mim, incluindo o meu nome, meu aniversário, minha cidade natal, a escola que eu estou trabalhando. Ele disse às pessoas que eles deveriam molestar, e me chantagear. Ele lhes disse que eu tenho uma fantasia sobre ter sido estuprada. Ele encorajou as pessoas a me amarrarem. Para me agredir. Me drogar. Me sufocar. Me estuprar. Sequestrar-me para um fim de semana e se livrarem de mim em ponto de ônibus quando terminarem. Ele assegurou a essas pessoas que eu iria lutar um pouco com a pessoa, mas que isso não deve impedi-los, porque realmente eu queria. Ele enviou mensagens para pessoas específicas o meu endereço e arrumou tudo para eles virem e me estuprar. E em pelo menos cinco ocasiões que eu conheço alguém apareceu na minha porta.

Trecho retirado do site : http://www.endrevengeporn.org/share-your-story/

Algumas infelizmente não conseguiram suportar esse peso e se mataram. Sim, tiraram a própria vida, por uma coisa que não foi culpa delas. Será que quem postou não pensa que uma vida se perdeu por sua causa? Que por culpa dele, um gatilho foi acionado, e nessa roleta russa que é a vida , a vida dela se foi para sempre? Vidas que foram arruinadas por um erro. Erro de confiar demais na pessoa errada.

Fiquei chocada com alguns relatos. Porque são ex noivos, ex namorados de colégio, ex maridos. Pessoas em quem elas confiavam. E não pense que é só homem não. Tem muita mulher vingativa por ai.

Antes de procurar sobre o tema lembro vagamente de ouvir aqui e ali. Mas agora realmente me envolvendo com o tema, descobri que o Brasil está a frente dos EUA , no qual a maioria dos Estados são extremamente conservadores.

 No Brasil, temos a Lei Carolina Dieckmann que foi criada depois que o caso da atriz ganhou proporção por aqui - lembram que ela teve seu computador hackeado e pegaram todos os arquivos pessoais,  e depois publicaram fotos íntimas que rapidamente se espalharam pela internet através das redes sociais. Além disso, o Romário também tem um projeto de lei para regulamentar esse tipo de crime. E ainda temos casos que se encaixam na Lei Maria da Penha.

Tem uma nota da autora, que consta em Profundo, falando sobre vingança pornô. Ela faz um apelo para que esse tipo de ação se torne um crime previsto por lei, em todo o país, como no Brasil.


Então, mulheres, prestem muita atenção no que deixam gravar, fotografar para outros. Principalmente vídeos. E se caso, um dia isso acontecer com vocês, saibam que tem lugares que te dão todo o suporte e apoio. E se puder, conte a sua família, ou em alguém que você sabe que pode se apoiar. Não passe por isso sozinha.

Beijos Beijos

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...