Sabe aqueles livros que você escuta as suas amigas suspirarem ? Ou ainda,  xingarem quando você diz que ainda não leu tal livro?

Mas a capa do livro não me atraiu muito, achei que era mais uma história besta. E olha que amo NA. Por fim, depois de muito tempo, me rendi a escrita de Tammara Webber e descobri o meu amor pelo Lucas e o porque dos suspiros - inclusive ele entrou.



Em Easy, nós conhecemos a Jaqueline, uma garota que desiste de ir para a Universidade de seus sonhos para acompanhar o namorado de longa data na faculdade que ele escolheu. Então imagine o choque quando ele simplesmente termina com ela porque quer aproveitar melhor seus anos de universidade.

Três anos se passaram desde que eu tinha deixado de ser Jacqueline, e eu lutava diariamente para recuperar a parte original de mim mesma que eu deixei de lado por ele. Não era a única coisa da qual eu tinha desistido, ou a mais importante. Era apenas a única que eu poderia recuperar

Ela ainda está curtindo a fossa quando vai, com sua roomate e melhor amiga, Erin, em uma festa a fantasia. Como é a motorista da rodada, ela vai para o estacionamento e lá é atacada por uma pessoa que ela acreditava ser totalmente idônea.

É nessa hora que um homem chega e a salva desse quase estupro, e a leva em segurança para o dormitório. Jaqueline não fala nada com ninguém sobre o episódio, até descobrir que a pessoa que a salvou, Lucas, está em sua aula de estatística, a mesma que faz com Kennedy, seu ex.  É nessa matéria também que ela está quase reprovando, por causa de seu coração partido, e assim ela tem que fazer aulas de reforço se quiser conseguir nota.

Seu tutor é uma tal de Landon, por quem ela logo se encanta, mesmo nunca tendo o encontrado pessoalmente. Mas é por Lucas que seu coração começa a bater mais forte. Bonitão, simpático e mil e uma utilidades, logo ela começa a viver e tentar esquecer o que houve, com seu ex e o agressor. Mas aparentemente o passado não quer. E os segredos de Lucas também pode prejudicá-los.

Há coisas que você não sabe sobre mim. Eu prometi a mim mesmo que não mentiria para você novamente, mas não estou pronto para dizer tudo. Eu não sei se posso. Sinto muito!


Vamos começar pelo fato de Kennedy ser um babaca e Lucas - *suspira alto*-  um fofo, mesmo todo perturbadinho como é.

Sério, eu quase dei na cara da Jack quando ela contou da história de "Jack e Kennedy". Ela é inteligente, divertida, musicista, e que mesmo assim largou de tudo isso para virar chaveirinho do namorado na universidade. E sei que quem ama, enxerga o que quer, mas isso não me impede de querer dar uns tapas nela.

O livro já começa com a cena dela sendo atacada no estacionamento, e sendo salva pelo Lucas, que ela acreditava ser o segurança do estacionamento. Seu silêncio, na realidade, faz jus a milhares de meninas no mundo todo que preferem ficar quietas a denunciar o agressor, porque ou ninguém iria acreditar, ou acham que provocaram aquilo, ou n coisas que passam pela cabeça nesse momento, principalmente quando o agressor em questão é conhecido e tem boa fama.

Mas o fato de Lucas a salvar , faz com que ela note o garoto em sua aula de estatística, assim como fazer novas amizades, coisa que ela não fazia quando namorava. O fato dela também estar atraída por Landon, seu tutor, só faz com que ela se sinta confusa. Os emails trocados entre eles são muito amorzinho e cheios de flerte.

Eu nunca havia notado Lucas antes daquela noite. Era como ele não existisse, mas de repente parecia que ele estava presente por toda parte.

Lucas foge um pouco do padrão de galãzinho, ele é mais fechado, quieto, tem vários piercings e tattoos, adora desenhar, tem 3.000 empregos diferentes e mora fora do campus. Mas o que mais atrai nele é a personalidade dele, o jeito dele encarar a vida, principalmente depois que você descobre sobre o passado dele. E o romance deles é muito fofo.

Kennedy é um tonto, que termina com uma garota super legal, porque queria curtir. E depois, obviamente, vê que ela está melhor sem ele e quer voltar atrás. O agressor é o típico cara que está acima de todos porque ele é bonito, vem de família rica, é um dos legados da fraternidade dele, e acha que pode fazer o que quiser. Muito ódio dele.

A Erin é o que uma amiga deve ser, mesmo que sua personalidade seja o oposto de Jaqueline, ela a apoia no momento mais difícil da amiga e depois a ajuda a lutar contra esse tipo de crime, que ocorre muito nas universidades.

O que eu mais gostei foi como a autora abordou um assunto tão pesado de uma forma tão sensível, deixando o livro leve, gostoso e muito rápido de ler . Mas não se engane, é um NA legítimo, com cenes quentes e tudo.

Arrastando meu corpo para perto do seu, ele me beijou, encostado na porta do quarto. Nessa posição, não havia dúvida sobre o que seu corpo queria do meu. Pressionei-me contra ele, que soltou um gemido, e usou a outra para me puxar.
- Se eu não for embora agora, não vou nunca mais.

Super indico.


Amor não é a ausência de lógica
Mas a lógica examinada e recalculada
Aquecida e encurvada para se encaixar
Dentro dos contornos do coração



Beijos Beijos

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...