Conheci a Jandy Nelson quando li O céu está em todo lugar, também lançado pela Novo Conceito, há alguns anos atrás. Ele é visualmente lindo e tem uma historia muito envolvente também.

Eu te darei o sol, ele  não é tão visual, porém ele é narrado por duas pessoas em tempos diferentes, e é a mesma história, só que pontos de vistas ao mesmo tempo iguais e completamente diferentes.



A história é narrada pelos gêmeos Noah e Jude, só que conhecemos o Noah de 13 /14 anos passando por fase em que é diferente de sua popular irmã, e uma Jude de 16 anos, que estuda no Centro de Artes, e é totalmente voltada para seu mundo ao contrário do seu irmão, agora popular e esportista.

Mas como eles fazem essa transferência de personalidades é o que se passou  na noite fatídica em que a mãe deles morre.

Noah é um artista talentoso, ele tem o dom de desenhar, e ele faz isso como poucos. Mas o que o deixa perturbado é ele gostar de meninos. Sim, ele já é chamado de Bolha por não se misturar com os outros, ao contrário de sua gêmea Jude, que é um raio de sol, popular, que surfa e também é bem talentosa com suas esculturas de areia.

Isso me surpreende. Ela nunca me pediu um desenho antes. Sou péssimo em me desfazer deles..

Com a chegada de um novo garoto, Brian, ele acaba descobrindo um novo amor, que o leva a participar da turminha dos populares, os mesmos que o ameaçava jogar dos penhascos. Mas o interesse de Jude por ele pode separar os gêmeos ainda mais. Ainda mais depois terem ido jogar sete minutos no paraíso.

Afinal seu pai gostava mais dela, seus amigos gostavam mais dela. Só sua mãe o preferia antes de Jude. É por essa que ele se esforça para entrar na Escola de arte, ele passa tardes inteiras das férias desenhando furtivamente pelas janelas do Instituto, lá ele vê seu primeiro modelo nú, um inglês lindissimo, que é super educado com ele.

Mas de repente sua vida vira de ponta cabeça, com o casamento de seus pais , com Brian, Heather e seus sentimentos.

Jude é uma garota com muitos demônios a exorcizar. Depois de uma experiência traumática, tudo o que ela queria era o colo da sua mãe, a mãe com quem ela vivia discutindo, que gostava mais de seu irmão, o irmão que hoje ela não reconhece mais, mas justo naquele dia , sua mãe a deixa. Assim como sua vó, sua mãe passa a viver somente em sua cabeça.

Suas aulas na escola de arte não estão no ritmo esperado, seu professor lhe dá um ultimato, já que sabe que ela é super talentosa, e assim pede que ela aprimore sua arte em pedra, com o mestre Guillermo Garcia, que há um bom tempo não tem nenhum aluno.

Ela consegue com que ele a ensine, e lá ela conhece Oscar, uma inglês maravilhoso, que a faz pensar em voltar atrás em seu pacto de nada de meninos.

Que pena não poder tirar aquela foto - diz ele - Espero que você não se importe com o que eu vou dizer, mas você pare um anjo sentada aí. - Ele fica sério, como se refletisse sobre o que disse. - Mas disfarçada, como se tivesse caído do Céu e pegado emprestado as roupas de alguém.

Os dias no ateliê do mestre e com Oscar a fazem pensar em seu relacionamento com Noah, e no comportamento "normal" de seu irmão, que abdicou totalmente da arte e agora vive como um jovem popular , com uma namorada e assistindo esportes com o pai.Enquanto ela veste roupas de menino, cortou seu cabelo comprido e vive citando doenças médicas e coisas que sua avó lhe ensinou antes de morrer. Isso e costura, uma vez que seu quarto está cheio de vestidos lindos que ela criou.

Para reverter os desejos do coração. Sabedoria familiar antiga .

Guillermo ri.

Ah muito bom. Na minha família, nós simplesmente sofremos.

E quando você menos espera todas essas histórias se entrelaçará em uma só que começou lá trás.



As narrativas são maravilhosas e os personagens são bem construídos. Com Noah você sente a perturbação dele por não ser o que os outros querem, que não pode seguir seu coração por não ser o "normal". Já com Jude, um passo em falso a faz se voltar pra ela mesma e a sabedoria de sua vó, com quem ela bate altos papos, e são muito bonitinhas.

Esse livro é muito bom. Ele fala sobre relacionamentos , seja entre pais e filhos, irmãos, amigos, amores. Mas fala principalmente sobre sinceridade com você mesmo, mentiras que podem mudar vidas, indecisões, de vidas que tomam rumos opostos por falta de diálogo..

A vida é imprevisível. Assim como as pessoas. O que o livro mostra é isso. Que ás vezes você tenta proteger uma pessoa de sofrer, você pode fazê-la se sentir pior. Que a verdade pode doer, mas liberta dos pesos no ombros.



Deixo. Deixo que meu coração se parta.
E Noah está aqui, forte e firme, para me segurar, para me abraçar durante a queda , para ter a certeza de que estou segura.
Beijos Beijos

Participe do nosso TOP Comentarista desse mês. ;)

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...