Acabei de ler Soldier , e meus olhos ainda estão meio embaçados pelas lágrimas que rolaram nesse livro.

Soldier é o relato mais lindo, digno e fiel dos nossos companheiros caninos. Só que tem ou já teve um companheiro desse sabe a dor de perdê-los.



O livro conta a história de Stanley, uma garoto de 14 anos, que depois de achar que se pai, o Da, matou o cachorrinho que ele se apegou da ultima cria que a cadela com pedigree, Rocket, deu. O seu pai deu todos da ninhada, porque eles eram mestiços, ou seja meio vira-latas, menos esse filhotinho que nasceu quase morto, mas graças a Stanley, ele sobreviveu.

Seu irmão, Tom, está na guerra, e sua mãe, Ma, morreu. Seu pai se fecha na dor, e não está nem aí para seu filho menor. O que descobrimos depois que não era bem assim.

No auge da sua fúria por seu pai ter matado Soldier, o cãozinho, ele se alista no exército, para procurar seu irmão mais velho, e para isso ele mente que tem 17 anos. O que é claro, ninguém acredita, mas como precisam de homens lá, aceitam o garoto.

Ele é enviado para o treinamento normal, até que surge uma divisão de sinaleiros, com cães mensageiros. Cada um teria sob sua guarda dois ou três cachorros para treinar. Mas como o coronel, o vê como o filho que perdeu na guerra, ele tenta proteger Stanley como pode. Então só dá a ele um cachorro, Bones.

Mas isso não impede que eles o mandem como Adestrador para o front.Bones é um dos cachorros mais corajosos que vai até o fim para estar do lado de Stanley, assim como Pistol, mais para frente.

Se um cão ama você, ele fará qualquer coisa.

Chorei mesmo nesse livro. Não durante a história - ok, em uma ou duas cenas - , mas o final é simplesmente lindo demais. Saber que um animal pode ter tanto amor por você a ponto de sacrificar a sua vida, é tão lindo e triste, porque deveríamos fazer o mesmo, sem pensar.

Um dos pontos mais emocionantes é claro a maturidade que Stanley vai adquirindo mesmo com 14 anos, no meio de uma guerra horrível, sem saber do seu irmão, que ele está em busca, ou de seu pai. Ele vai começando a perceber a besteira que fez, colocando as coisas que mais ama em perigo.

Ele sempre será verdadeiro, leal e corajoso; até a última batida do seu coração ele dará - e disso não tenho dúvida- a própria vida por você. - O coronel ponderou, examinando Stanley. - Seja o que for que esteja esperando por vocês dois, lembre-se de que para Bones você é toda a vida dele.

O relato de guerra é sensacional, esse é um livro cru, sem romances, é só sobre laços, família e guerra. Você pode sentir que está lá no meio, entre os morteiros, as águas envenenadas, as baionetas, as mensagens e cartas recebidas.

A única coisa que me irritou um pouco foi a narrativa da autora no começo. Ela simplesmente vai jogando os personagens, sem explicá-los nem nada, depois que você pega o ritmo da leitura, aí sim, o livro flui mais.



Vocês tem que ler. É lindo.

Beijos Beijos

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...