Ok, sim eu me rendi aos apelos do marketing literário e li Grey em três dias.

Poderia ter acabado antes? Sim. Poderia ter enrolado menos para ler? Sim. Poderia nem ter lido, se considerarmos a minha experiência anterior com 50 tons de cinza ( clique aqui para ler a resenha) ? Sim.

O que me levou a ler Grey, foi a minha curiosidade em saber o que se passava pela mente do perturbadíssimo Sr Grey. E o que descobri, as fãs talvez não gostem muito do que vou dizer, é que ele é arrogante e mimado, sobretudo pelas mulheres a sua volta, e não tenho medo dele, mas do que o dinheiro dele pode fazer.



Grey, se passa na mesma época do primeiro livro, então temos uma base da sequência dos eventos. O livro começa no dia em que Ana vai entrevistá-lo. Como ele não se irrita tanto, mesmo a garota tendo caído em seu escritório, estar mal vestida e obviamente não estar preparada para a entrevista.

O que mais me deixou chocada foi Christian já pedir a ficha dela e saber tudo da vida dela, e sair perseguindo a menina. Porque depois desse livro você vê que Ana não tinha a mínima chance de não cair nas lábias de Grey.

Ele simplesmente tem pessoas super competentes trabalhando para ele, então ele usufrui disso. Ele rastreia o celular de Ana com um simples telefonema, isso porque estava assistindo um jogo com Elliot, seu irmão. Ele decide que quer aquela garota para ele e pronto.

Ela não é sua submissa... ainda, Grey.

Depois que descobre que ela é virgem, achei que ele poderia maneirar, mas como nós sabemos, não foi assim. Ele é psicótico a ponto de querer estar cada segundo sabendo o que Ana faz, com quem fala, só que como ele tem dinheiro , ele pode fazer isso.

O passado dele também não é mostrado por inteiro , só flashes de pesadelos que ele tem quando não está com seu apanhador de sonhos , digo com Ana. Ele teve uma infância bem pesada, com violência, drogas, mas com a certeza que sua mãe o amava, afinal ele só tinha 4 anos.

Minha cama é fria. E eu estou com fome. Eu tenho meu cobertorzinho e os meus carros, mas não a minha mamãe. Quando é que mamãe vai chegar em casa.

E por mais que ele reforce que está adorando as "primeiras vezes " com ela, em nenhum momento ele se acha digno de amar e ser amado, então ele simplesmente joga o BDSM para cima da garota , e quer que ela aceite. Ele quer saber tudo sobre Ana, o que ela está pensando , sentindo, mas ele não fala nada. E fica reforçando seu passado escuro.

Eu peguei antipatia por ele. Ok, entendo que ele teve um passado difícil, mas o carinho que ele tem pela família é incrível, principalmente por Mia, sua irmã caçula.  Custa ele sentar e analisar o que sente pela garota, em vez de persegui-lá , ficar irritado sem necessidade, e se estressar sem motivo..

Ao contrário do livro anterior que a Ana cresceu no livro, e ficou bem mais forte, esse foi o contrário. Grey começa o livro prepotente, arrogante e exigente, já mais para o final, na minha opinião, ele ficou chato, repetitivo e parecendo extremamente mimado.

O final mostra um homem em toda a sua dor, porque ele se dá conta que empurrou Ana além dos limites dela, mas não vê que ela deu tudo dela e ele não fez isso. Ok, ele não consegue sentir se digno de ser amado, mas ele nem tenta de verdade. Tentasse por um tempo. Enfim, eu não curti. Ele é psicótico, manipulador e mimado, sem falar que tudo era motivo para ir ao encontro dela, e depois chegarem aos finalmentes.

Estou sorrindo com o gato Cheshire porra. Quando já estive nú ao lado de uma mulher e só conversei?

Falando francamente, parece que ele só pensa com o pau dele. # pronto falei.

O que me deixa mais irritada é que o cara é inteligentissimo, mas seu emocional é um horror, e não importa quantos analistas, psicanalistas, ele tenha, se ele não deixar ir , não vai.

A única coisa que eu gostei foi a troca de emails, que era quando, eu senti que ele era mais ele mesmo, sem armaduras, sabe.



A Família de Grey por outro lado, merecia um livro só deles. Os pais de Christian, Mia, Elliot e Kate, até Ethan, o irmão de Kate.

Se você ama o livro, você vai AMAR, esse livro.
Se você detesta o livro, vai detestar ainda mais.
Se você é como eu, e leu por curiosidade o primeiro, e para você não fede nem cheira,  não indico, a não ser que esteja curioso/a.

Beijos Beijos.

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...