Zac & Mia é um livro muito rápido de se ler. Em uma tarde, aliás do mesmo dia que chegou o livro em casa,  eu li o livro todo. Mas nem pense que ele é um livro fácil. Afinal câncer já é um tema pesado, mas quando se trata de jovens aí fica pior. Mas ele é de uma leveza que não tem em A culpa é das Estrelas .

Vários foram os momentos que eu fiquei com lágrima nos olhos, mas não chega a ser um livro triste. Muito pelo contrário. Ele te mostra o quanto a vida é imprevisível, e você pode se revoltar com ela ou tirar o máximo proveito disso. Embora eu tivesse um pressentimento muito ruim com o final - Culpa de ACEDE e de João Verde.



O livro é narrado em três partes. Uma por Zac, uma por Zac e Mia, intercalando os capítulos, e outra só por Mia.

Zac é um garoto de 17/18 anos que tem leucemia, e não é nada fácil para um garoto ativo, criado em uma fazenda e praticando esportes. Ele está há 10 meses internado, quando a história começa, após muitos ciclos de quimioterapia e um transplante de medula.

Enquanto ele espera o tempo de recuperação passar e finalmente voltar para sua casa, Zac vê uma nova garota chegando, o que é estranho, porque geralmente só há pessoas bem mais velhas lá. A garota é muito bonita, mas muito mal humorada e briguenta. Ela tem um câncer bem menos agressivo que o dele, osteosarcoma, um câncer no osso, o que ela claramente não aceita ter.

E muitas repetições de Lady gaga e Tapas na parede depois, ela adiciona ele no facebook e assim os dois começam uma estranha amizade, sem nunca terem conversado pessoalmente.

Bato de novo, em sequencias de três, agora insistente como um carteiro. Toc Toc Toc. Espera. Toc Toc Toc.

...

Chiado.Gotejo.Zumbido.Então, tap, a parede responde para mim. Tap.

Mia é uma garota que sempre foi popular, linda e fútil. Ela não entende o motivo dela ter aquela doença, e assim ela só foi postergando o tratamento até depois do baile, afinal como iria dançar depois da cirurgia no tornozelo. Em uma cadeira de rodas que não . Ela não consegue aceitar isso. Revoltada, ela faz com que todos a volta saibam disso.  Principalmente sua mãe, com quem tem uma péssima relação.

O problema é que ela não se cuidou no tempo devido, postergou mais do que devia, assim antes do baile, ela tem a cirurgia marcada. E o que era simples se tornou muito complicado. Assim de muletas e com uma peruca loira, ela acaba indo atrás de Zac, na fazenda, a única pessoa em que pode confiar.

Confie em mim, penso. Confie em mim.
Então ela se apoia em mim como se eu fosse o único amigo que restasse no mundo.

O livro é muito real. Ele mostra muitas versões do que pode acontecer. A da pessoa que luta e consegue reagir bem ao tratamento, a que reluta e acaba se prejudicando e a que tem uma recaída e não sobrevive.

Zac é um querido, mesmo que eles esteja com dor, ele faz de tudo para não reclamar. Ele adora porcentagens e acompanha, pela internet, muitas pessoas que, como ele tem câncer. Sua família é muito linda. Sua mãe, sempre simpática, Bec, a irmã grávida que é um amor, Evan, e a fazenda linda e cheia de filhotes e oliveiras.

De todos, eu sou o menos corajoso. Nunca me alistei para essa guerra. A leucemia me convocou, essa filha da Puta.

Já Mia, era uma garota insuportável que só pensava em fugir para não passar vergonha, em mentir sobre si mesma, fugir de sua mãe e dos que ela achava serem seus amigos. Mas ao se ver sozinha, sem dinheiro, sem ter para onde ir, sem querer voltar para a sua mãe, ela descobre que Zac, aquele garoto estranho do quarto ao lado, é seu único amigo. Com o passar do livro, ela vai fazendo uma mudança de seus sentimentos, sobre si mesma, e sua relação com a mãe, que tinha somente 16 quando a teve, e com o mundo.

Ah , e como a história de passa em Perth e outra cidadezinha  na Austrália, tem filhotinhos de canguru e alpacas, que são essas coisas gostosas aqui.





A narrativa do livro é muito envolvente seja com Zac ou Mia narrando, você sente a emoção dos dois. Zac mais aberto e bem humorado e Mia, mais revoltada e mal humorada.

É impossível, essa coisa de sorte. Eu queria que a sorte desse o fora e me deixasse cometer meus próprios erros. Quero ter o controle sobre a minha vida novamente.

O epílogo só deixa você mais com o coração na mão.



Super Indico, claro.

Beijos Beijos,

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...