Hoje é dia de Harry Potter e a Ordem da Fênix. Esse é o maior livro da série com 702 páginas.


Esse também foi muito emprestado, tanto que as letrinhas até se apagaram.



Pelo menos não está tão judiado como o outro. E me perguntam porque não empresto meus livros preferidos...

Harry, agora um mocinho de 15 anos, que está trancafiado na casa dos seus tios, completamente sem informações, depois do que aconteceu com ele no final do seu quarto ano em Hogwarts. Enquanto espera ouvindo sempre que pode os noticiários, e passando na rua o maior tempo possível, seu primo Duda , mesmo com medo, o ameaça perto da sua turma para se mostrar o valentão.

Porém a aparição de dementadores no bairro deles, quase que pegam Duda, salvo no último momento por Harry e seu patrono. Prestes a perder sua varinha por isso e quase sendo expulso de casa, Harry é salvo por sua tia Petúnia, e isso o deixa pasmo.

A raiva de Harry fica ainda maior ao chegar na sede da Ordem da Fênix , uma ordem secreta que luta contra Voldemort, o local também conhecido como Largo Grimmauld, casa de Sirius, e descobre qua os Weasley e Hermione passaram quase todo o verão lá com os membros da Ordem, que  enquanto ele fica no escuro. E só piora quando, inocentado das acusações de uso de feitiços por menor de idade e mantendo sua varinha, Dumbledore nem ao mesmo olha na sua cara. Isso, ver seus amigos virarem monitores e ver seu nome jogado na lama, como piadinha para desestabilizá-lo.

Sua chegada em Hogwarts também não é muito legal, afinal a mais horrorosa das bruxas está como professora de Defesa Contra as artes das trevas, Dolores Umbridge, o que na verdade não os ensina nada, afinal ela garante que o retorno de Voldemort não passa de uma invenção para derrubar o governo. Ela consegue perturbar a quase todos com seus montes de decretos , claro que para os puxas sacos dela tudo é permitido.

É então que um grupo de estudante se reune para pedir que Harry os ensine feitiços , para que possam lutar e se proteger se necessário, afinal é uma questão de tempo até que o Lord das trevas volte a atacar. É assim que surge a AD, Armada Dumbledore.

Ao mesmo tempo que Harry luta contra os próprios pensamentos, aprendendo Oclumência com seu prefessor mais odiado,  Snape, para poder ocultar seus pensamentos de Lord Voldemort, que aprendeu que Harry pode ver através de pensamentos e que ele pode fazer o mesmo.

Com tantas coisas acontecendo, ele ainda tem que estudar  para os NOMs, Níveis Ordinários de magia, as provas que podem definir a carreira que eles querem seguir.

Este livro não é tão sombrio ainda, mesmo que seu final seja. O livro é fofo em partes como o primeiro beijo de Harry com Cho - sim a mesma que no anterior estava com Cedrico - ,  a amizade e a lealdade do grupo AD. Já a parte ruim é aguentar a chara da Umbridge judiando dos alunos a no todo, em especial o Harry, a traição de um deles da AD, e o Fudge, o ministro da Magia, fingindo que não tem nada errado e que Dumbledore que roubar o lugar dele -doidinho de pedra né.

O final esclarece todos os pontos que ficaram em branco no livro e preciso dizer que meu coração ficou partido - muito partido.


QUOTES

Bom, parece que você tem a ilusão de que irei... como é mesmo a expressão? Que irei sem fazer barulho. Receio dizer que não vou sem fazer barulho, Cornélio. Não tenho absolutamente a intenção de ir a Azkaban. Eu poderia fugir, é claro, mas que perda de tempo, e francamente, posso pensar em inúmeras coisas que prefiro fazer.


Harry - disse ela timidamente -, você não está vendo? É por isso... por isso mesmo que precisamos de você... precisamos saber como é realmente... enfrentar ele... enfrentar o V-Voldemort.

Era a primeira vez que ela dizia o nome de Voldemort e isso, mais do que qualquer outro argumento, foi o que acalmou Harry.


É, a AD é bom - concordou Gina. - Só que devia significar a Armada de Dumbledore, porque o maior medo do Ministério, não é uma força armada de Dumbledore."

 Isto não é uma crítica, Harry! Mas você tem... meio que... quero dizer... você não acha que tem um pouco a... a... mania de salvar as pessoas?

Só porque você tem uma amplitude emocional do tamanho de uma colher de chá não quer dizer que todos sejam iguais à você.

Não - disse Harry, sacudindo a cabeça. - É mais o que ele está sentindo, suponho. Estou recebendo imagens dos sentimentos dele. Dumbledore falou que uma coisa assim estava acontecendo no ano passado. Disse que quando Voldemort se aproximava de mim, ou quando sentia ódio, eu sabia. Bom, agora eu estou sentindo quando ele se alegra também...

 Rony - disse Hermione em tom muito solene, molhando a ponta da pena no tinteiro -, você é o legume mais insensível que já tive a infelicidade de conhecer."

Ainda bem que você está fora, cara – disse Rony com veemência. – Quero dizer, ela é bem bonita e tudo mais, mas a gente quer alguém um pouco mais alegre

Este post faz parte da Semana Mágica, que está sorteando esse Kit Lindo!!

Beijos Beijos

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...