Sabe quando você começa a ler um livro e acha um porre porque não consegue avançar na leitura, um, porque é tudo muito confuso, e dois, porque começa do nada e malemá explica como foi que tudo começou.



Logo que a editora mostrou esse livro pela primeira vez eu fique "OMG!! eu tenho que ler!! " e claro assim que chegou em casa eu já fui lendo... Aí eu desisti da leitura...

Mas voltei e terminei. E ainda bem que eu voltei. E vocês me perguntam "Por que??"

E eu conto para vocês.

Sangue mágico é o primeiro de um série de 10 ( sim, DEZ) volumes da série Kate Daniels, uma urban fantasy que se passa em uma Atlanta futurista, onde a magia impera, e é para todos, mas nesse mundo pós apocalíptico a magia vem em ondas em que faz toda a tecnologia parar e armas são inofensivas, e quando passa essa onda de energia, as proteções mágicas não são suficientes para proteger as casa de coisas perigosas.

E quando eu falo perigosos são aqueles que dá medo sabe. Metamorfos, lobisomens, vampiros do tipo mal, necromantes, upir... e outras coisas que nem lembro mais. Essas espécies convivem juntos nessa nova sociedade.

Kate Daniels, a protagonista e narradora, é uma jovem mercenária , que tem mágica no seu sangue. Desbocada, impulsiva e muito sarcástica. Com sua espada Matadora - esse é o nome da espada tá- , ela se protege e protege seu sangue que pelo que entendi é mais poderoso que o normal. Por isso ela tem que andar com gasolina para queimar seus vestígios e não deixar que ninguém descubra.

Você já conheceu alguém e sentiu... Não sei como descrever... sentiu uma chance de ter algo que escapara de você?

Ela não conheceu a sua mãe, e seu pai morreu há tempos, a única pessoas que ela ainda tem como "família, é seu guardião Greg Feldman, um cavaleiro místico. Quando esse é morto em uma missão para a Ordem, o que pelo entendi é uma espécie de FBI para esse novo mundo, Kate, resolve investigar o assassinato e vingar a morte dele.

Eu me embalei com os braços, querendo chorar. As lágrimas não vinham. Minha boca ficara seca. O último elo com minha família fora cortado. Não sobrara mais ninguém. Eu não tinha mãe, nem pai, e agora nem Greg. Cerrei os dentes e fui fazer as malas

Claro que não é tão simples, afinal Kate não é um membro da Ordem, uma vez que gosta de viver solitária e seguir suas próprias regras, ela vai ter que se sujeitar a Ordem se quiser saber quem fez isso com Greg.

Na sua procura por pistas e seu "passe livre" de que trabalha para a Ordem, ela acaba conhecendo muito personagens interessantes, como o Senhor das Feras, Curran, - Que é maravilhoosoo- que comanda a matilha na cidade, além dele tem Derek, Mahon, Jim e outros que roubam a cena quando aparecem. É claro que quanto mais ela se aproxima do assassino, mais tudo se torna perigoso. Afinal esse inimigo não só matou Greg, como também é responsável pelo sumiço de lobos, vampiros e mulheres humanas normais.

Eu sempre saí à procura dos problemas de outras pessoas. Estranhos me contratavam para resolver seus problemas. Passei anos me certificando de que os problemas não bateriam na minha porta e destruiriam minha vida. Não funcionou. Tanto tempo perdido. E qual foi o resultado de todo o meu esforço, além da contagem de corpos?

Apesar de ter detestado o começo do livro, depois de conhecer os Senhor gostoso das Feras, eu acabei me empolgando e terminando mega rápido, mesmo com a escrita enrolada da autora, e do final apressado.

Eu indico sim, mas com ressalvas, se você não gosta de histórias enroladas, eu sugiro que vá com paciência.

Beijos Beijos,


Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...