Hey pessoinhas!!

Voltamos com mais lançamentos.Dessa vez temos a cara Rocco. E tem uns lançamentos bem bacanas.


Vamos falar alguns.

Sol, desejo e obsessão dão a tônica do aclamado romance Um gosto de verão, da britânica Helen Walsh. Premiada com o Somerset Maugham e comparada a Irvine Welsh já em seu livro de estreia, a autora surpreende ao revisitar um tema recorrente na literatura – a chegada de um intruso que quebra o tênue equilíbrio de uma casa -, adicionando a ele luxúria, tensões psicológica e sexual em alta voltagem.
Falaram que este livro é fantástico.

Tem o eletrizante final da saga Túneis, Will e seus amigos vivem grandes aventuras para salvar a humanidade do colapso final. Gordon e Williams conduziram os leitores para um desfecho surpreendente. Repleto de reviravoltas, Terminais é o ápice de uma série que arrebatou leitores pelo mundo todo e agora chega ao mais incrível final. Será que agora os mistérios escondidos sob a crosta finalmente virão à tona?
Ainda não li essa série, mas  agora eu quero ler, esse final deve ser muito bom.

Brutal é o primeiro thriller policial de Luke Delaney, que serviu por muitos anos na polícia londrina investigando crimes diversos, dos cometidos por assassinos em série aos resultados de conflitos entre gangues e máfias. Nos livros de Delaney, Sean Corrigan é o herói que encarna a missão de desvendar mortes e descobrir quem os cometeu, e fazê-los pagar. Corrigan, no entanto, não é um detetive comum.  Sua infância sofrida e traumática – era abusado sexualmente pelo pai – despertou nele uma conexão com o lado obscuro do ser humano. Ao investigar cada morte, o detetive consegue imaginar – e mesmo sentir – o que motiva o assassino a realizar suas mortes. É essa intuição poderosa que vai orientar Sean Corrigan e sua eficiente e leal equipe na busca pelo assassino de Daniel Graydon.
Um thriller escrito por um ex investigador , deve ser muito bom.

Uma garotinha brincalhona, cercada de irmãos, pais amigos e atenciosos. Eis a pequena Suzy e sua família feliz. Contudo, quando seu pai é chamado para guerra numa selva distante, ela tem que lidar não só com a saudade, como também com a ansiedade, o medo, a insegurança e o iminente sentimento de perda. É assim, com delicadeza e o olhar lúdico de uma criança, que Suzanne Collins, autora da trilogia Jogos Vorazes, fenômeno da literatura jovem, narra (e recria) em Um ano na selva a experiência vivida por ela quando, aos seis anos, viu seu pai deixá-la para lutar na Guerra do Vietnã.
Suzanne tem o dom da escrita, esse livro para os pequenos, foi super bem recebido pela crítica e ganhou prêmios. A capa é super bonitinha.

E para finalizar, tem a fantástica Graphic Novel da Cláudia, a vampirinha mais mimada e irritante de Anne Rice.
Essa capa é maravilhosa, já imaginaram como é por dentro .... Eu quero para ontem!!


Esta não é simplesmente uma adaptação para os quadrinhos de Entrevista com o vampiro, bestseller de Anne Rice que virou filme em 1994. Meticulosamente ilustrado por Ashley Marie Witter, a versão em graphic novel do livro de estreia da rainha dos vampiros reconta a história sob um ponto de vista inédito: o da vampira criança Cláudia, a imortal de 6 anos de idade, órfã e assassina, vítima e monstro, representada por Kirsten Dunst na versão cinematográfica.

E aí? Gostaram? Eu necessito dessa Graphic Novel. Aceito de presente viu!

Beijos Beijos

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...