Hoje vamos falar de um assunto polêmico.

Sim, hoje após quase TRÊS anos deste POST, finalmente li o livro e assisti o filme, 50 Tons de Cinza.

Mas como falar de um livro/filme que é amado veemente pelos fãs ao mesmo tempo que é criticado veemente pelos que odeiam??

Porque sinceramente, eu achei OK tanto o livro como o filme. Nada como matar ou morrer pela história, eu achei... olha eu colocando a carroça na frente dos bois... vamos por partes.

LIVRO



Para quem ainda não sabe, o livro conta a história da inocente Anastasia Steele, que logo de início, vai fazer uma entrevista, no lugar da sua bela amiga Kate, com o magnata Christian Grey, um jovem empresário milionário. É claro que Ana, que é tímida, nem sabe quem é o moço, então dá algumas bolas foras, além de cair aos pés do moço, literalmente.

Porém Christian, se encanta com a moça, e passa a persegui-la - não achei outra palavra para o que ele faz - até que a leva pra sua casa para passar a noite e apresentá-la ao seu "modo de vida", e ao seu quarto vermelho da dor. Ele tem algumas regras para isso, ela não pode tocá-lo, ele não faz sexo baunilha ( o sexo normal ), e ele não dorme na mesma cama. Nem preciso dizer que ele faz tudo isso com a Ana.

Enquanto detalhes do contrato de dominador e submissa vão se apresentando, Grey vai contando pedaços da sua vida, coisas que o levaram a ser como ele é.

Ok, minha opinião. Christian tem sérios problemas psicológicos. Ele é como um psicopata, ele só não mata. Mas ele acha que Ana é dele, mesmo com todos os presentes caros e surpresas, que levariam a pensar que ele é romântico, mas que eu penso que é para que Ana não fuja dele, que ela esteja sempre na sua mira. E ai dela se sair um pouquinho da linha.

Também me incomodou que Ana, uma virgem, tenha aceitado tão bem, ser açoitada, quando ela ainda nem sabia muito bem o que era fazer sexo. Ela não tinha essa experiência. No mínimo, eu iria sair correndo se fosse minha primeira vez. Ou quando ele a segue até a casa da mãe, gente, o cara é um stalker.

Eu comecei a ler esse livro mais ou menos na época que ele foi lançado, mas a Deusa interior da Ana me irritou profundamente, sério, daí eu abandonei o livro. Voltei a ler semana passada para lançamento do filme. E mesmo tendo me irritado de novo, fui até o fim , e valeu a pena, porque após a fase de irritação profunda, no final, Ana se torna uma garota forte, sem tanto mimimi.

E é aí que comecei a realmente pensar nas "sombras" do Sr Grey, os motivos e em como isso moldou sua vida. Confesso que fiquei com medo dele, ele não é equilibrado na vida pessoal, ele só mantém todos a distância, porque não quer mostrar sua verdadeira personalidade, ou talvez porque ele não se sinta á vontade mostrando um lado seu que ele acha fraco, que acabaria com seu lado "dominador". Enfim, acho que esse livro deve servir de base para algum estudo psicológico, porque a história pode ser meio tonta, mas esse personagem, é muito profundo.


FILME



Pois bem.

O filme é fiel ao livro, tirando umas ceninhas aqui , mexendo em outras ali para dar liga, mas a essência é a mesma. O cara lindo e ryco que se encanta pela tonta inocente jovem, e a leva para seu mundo de dor e prazer e bla bla bla.

Não me entenda mal, gostei do filme, ri muito porque o filme tem as suas tiradas, não tem o mimimi interno da Ana, nem a sua maldita Deusa interior saracotendo , mas assim como no livro, não gosto muito da parte transtornada de Grey, para mim ele precisa de tratamento psicológico. Porque ele tem um trauma, e ele precisa falar sobre isso, tudo bem que ser abusado as 15 anos, não tenha sido o melhor para ele. Nessa parte eu concordo com a Ana, a Sra Robinson é pedófila.

Mas o filme está mais para o lado romântico que o lado HOT. Tem cenas de sexo apimentado, tem. Tem Grey dando umas palmadas, umas cintadas e chicotadas na Ana? Tem. Mas o filme mostra em foco, como ela muda algumas coisas na essência de Grey. Ele tem um lado fofo, que gosta de andar de mãos dadas, fazer surpresas para ela, dá presentes caros, mas ao mesmo tempo ele quer torná-la submissa a ele, ele quer mandar nela. meio Dr Jekyll and Mr Hyde. E o filme deixa isso bem claro, mas claro que no livro, eu acho.

Dakota, está uma excelente Ana, a mesma cara de songa, mas que vai ficando mais espertinha, que se apaixona pelo Sr "eu não faço amor. Eu fodo. Com força" - deixa eu só fazer uma pausa que eu ri pra caramba nessa parte, muito ridículo ao se pronunciar em voz alta - Já o gotoso Jamie, está um Grey meio tenso, talvez pelo papel, talvez pelo clima tenso das cenas, mas em algumas cenas você sentia que ele não estava tão confortável. Mas ele é fofo. 

E vamos falar sobre as palmadas e cintadas. Vi muita gente falando que o filme incita a violência doméstica. Recomendo que leia sobre o mundo BDSM. Ele não faz nada sem o consentimento dela. Ela tem a palavra segura, e pode parar quando ela quiser. A surra de cinta, ela que pede, mas que seja. Confesso que as coisas toscas como revirar os olhos podem ser um motivo besta para ele dar umas palmadas, mas pelo menos no livro, ele avisou que aquilo era como ela desafiar ele, algo do tipo. Enfim, se você acha que realmente é violência doméstica, não assista. Quem entra nesse mundo BDSM, sabe o que vai encontrar. Mas não tentem isso em casa, crianças!

A única coisa que não gostei, foi quando ele conta de como conseguiu aquelas  marcas no peito - sim é do personagem , não berebinhas do ator -, não teve a cara de choque dela, a cara de dor sabe, não teve emoção. 

E gente, a Ana precisa de uma depilação urgente nas partes baixas, ou dar uma parada, é meio tenso de ver, nem que seja de relance, porque tirando as bundinhas e peitinhos, não aparece nada além disso. Fiquem tranquilos. 

CENA TOP: A cena em que eles estão no planador, é linda. É romântica, é divertida, com aquele fundo musical então, ficou muito show. Outra cena que ficou show foi a cena no quarto vermelho com a música de Beyoncé, covardia fazer aquilo haha


opa, não é esse.




Bom resumindo,



Eu aconselho a ler o livro e assistir o filme. Mas atenção, se você leu o livro, e viu os traillers e não curtiu, não assista, sei que Jamie não é o Grey da sua imaginação, além de ter cenas que ficam melhor na imaginação mesmo. Agora se você não quer ler, não leia, vá direto assistir o filme, você vai gostar. Ou se você detesta, e não vai ver ou ler de jeito nenhum, ok. Qualquer que seja sua opção, ouça a trilha sonora, é muuuuito boa.


Beijos Beijos


Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...