Nem lembro porque peguei a A Seleção para ler pela primeira vez. Acredito que tenha sido primeiro por achar a capa linda, depois pela sinopse e por último, para ir ao evento de A Elite, segundo livro da trilogia da Kiera Cass - que é uma linda.

Sei que não são razões boas, mas já li livros por razões piores - #ShameOnMe ... Aliás quem disse que preciso de razão para ler ... haha



A Seleção tem uma premissa muito boa. Uma distopia no qual 35 garotas de 16 a 20 anos são escolhidas a dedo pelo rei, para participar de uma competição e quem ganhar fatura um príncipe lindo e uma coroa -  como aquele reality The Bachelor.

 Mais aí você me pergunta e a distopia?? Então esse país Illéa, é os EUA, depois que o mundo entrou em colapso, a China salvou todo mundo. Este país é dividido em castas, 08 no total. Quanto mais alta é a casta, mais rico é. A Casta 1 é a realeza e a 08 é dos marginalizados, pedintes, etc. E quando um mulher se casa, ela vai para a casta do seu marido, então se ele é uma casta acima , você sobe , ou se ele for abaixo , você desce.

Mas o que mais me importa é que você seja amada. Você merece isso. E eu espero que se case por amor, e não por número. 

A SELEÇÃO

E porque esse país é do jeito que é, por causa de todas as regras que nos faziam viver escondidos, nem pude gritar seu nome. Não pude dizer mais uma vez que o amava.

América é uma jovem de dezessete anos que sonha em se casar com seu lindo namorado, Aspen, que é de uma casta inferior, mesmo sabendo que sua mãe não aprove. Mas quando chega os formulários de inscrição para a Seleção, sua mãe a obriga a se inscrever, e por um golpe de sorte - ou não, já que ela estava estonteante, porque pensava que Aspen a pediria em casamento - ela acaba sendo escolhida para ser uma das trinta e cinco garotas.

Com o coração partido, uma vez Aspen terminou com ela antes da escolha da Seleção, America vai para o castelo, sem saber o que a aguarda. Em sua primeira noite , ela conhece o príncipe de forma beeem informal, quando tenta sair para os jardins, chegando a gritar com Maxon. Claro, que Maxon, gosta da garota determinada que ele encontrou. A partir daí, vemos o desenrolar dos fatos.

Enquanto isso, o país enfrenta ataques dos rebeldes nortistas e sulistas. Embora um seja mega violento, o outro está atras de algo que não sabemos o que é ainda, mas evita machucar alguém.

Este primeiro livro é bem legal, mostra o dia das meninas e embora America seja meio enrolada, ela mostra todas as qualidades de Maxon, assim como sua amizade com Marlee e o nível de concorrência.

Maxon é a coisa mais fofa, lindo, nobre e com um coração gigante... já Aspen fez o que achava que era certo, mas é um babaca, desculpe mas acho isso...

O livro termina com um ataque nortista ao castelo , e isso faz com que Maxon, dispense todas as selecionadas menos 06.

Essa era a verdade, no fim das contas. Ainda não sabia o que queria, mas não poderia me deixar levar pelo mais fácil ou por aquilo que os outros achavam certo. Só precisava de um tempo até decidir o que era melhor para mim.


SPOILER -

 A ELITE

Mas como decidir entre duas boas opções? Como decidir se qualquer escolha deixaria parte de mim destruída? Me consolei com o pensamento de que ainda tinha tempo. Eu ainda tinha tempo. 

Bom o segundo livro começa de onde o primeiro termina, com as seis finalistas no castelo competindo por Maxon. America sente que realmente gosta dele e que vai competir pelo coração do príncipe. Porém, todavia, no entanto ela descobre que Aspen, é guarda no castelo. E pior vai ser o guarda que fica de segurança na sua porta.

E pense se o cidadão não dá em cima da garota? É claro, isso e muito mais... - sim, eu sou #TeamMaxon =P

Muito confusa - confesso que fiquei com vontade dar na cara dela - America não sabe se ainda ama Aspen, mas sabe que gosta de Maxon. Então fica com os dois em banho maria , até que se decida.

Claro que sua relação com America sendo tumultuada , dá a chance para as outras meninas , como a doce Marlee, a esperta Kriss, as chatinhas Elise e Natalie e a Diva Celeste. Não que isso a afaste de Maxon, mas os dois brigam demais e por coisa pouca.

E no meio disso tudo, continuam havendo invasões no castelo, os rebeldes do Norte fazendo vítimas entre os familiares das finalistas, América fazendo cagadinhas e irritando - muito -o Rei, e depois descobrindo um segredo do Príncipe Maxon.

O livro termina com duas participantes a menos. Uma que quase não tinha participação mesmo e outra por um motivo muito =O

Lá, deitada no leito do hospital, meu coração se despedaçou pela primeira vez de verdade. E a dor era indescritível.

SPOILER

A ESCOLHA

Pode partir meu coração. Mil vezes, se desejar.Sempre foi seu para machucar como quiser

O livro já começa no ápice com uma invasão ao palácio, que não resulta em nada, mas ok. Agora com 4 participantes , a disputa fica mais acirrada, assim como aumentam os testes para as meninas saberem se estão preparadas, enquanto isso os rebeldes nortistas estão cada vez mais agressivos já os do sul se propõem até a fazer um acordo. Maxon e America, acabam se envolvendo com eles. Mas com o Rei de olho em América só esperando a próxima pisada da bola que ela der para mandá-la embora, já que a última quase "infarta" o rei - que me dá muito medo.

América sente que cada vez mais ela está apaixonada por Maxon, mas não consegue deixar o seu pessimismo e desconfiança pra trás. Após a perda de uma pessoa querida e "voltar" a sua antiga casa ela sente que seu lugar não é mais lá , e logo ela volta ao castelo para saber que está na Final. O problema é que na reta final , todo o jogo muda e talvez seu felizes pra sempre com Maxon, tenha se perdido.

Amarei você até meu último suspiro. Cada batida do meu coração é sua. Não quero morrer sem que você saiba disso.

Bom adorei a trilogia, maaaaasss , para mim pecou na falta da distopia. O final da trilogia foi corrido e não explicou nada, do mesmo jeito que começou terminou. Para mim na verdade, foi um YA , muito bem escrito e fofo. Realmente queria saber mais sobre o país, o que aconteceu com as castas, o que acontecia do lado de fora do castelo, mas o foco foi só no romance mesmo, uma vez que todos os livros são narrados por América. E teve uma morte que não concordei, não havia motivo, mas acho que a Kiera fez isso para chocar mesmo.

Indico se você gosta de livros lindinhos e com um pouco de mimimi. America chegou a me irritar algumas vezes, mas Maxon compensou porque ele é um fofo - sim, sou apaixonadinha por ele *__*. E Aspen, bem , nada me tira da cabeça que ele foi um babaca com a América, maass a quem goste porque ele foi altruísta.

Sugiro que leiam e tirem suas conclusões ...

Beijos beijos



Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...