A Primeira vez que li A viajante do tempo , eu emprestei da biblioteca e isso foi há uns sete, oito anos, eu fiquei encantada. Adoro livros com esse temática de viagem no tempo. E ele ser enorme foi só um bônus. Naquele tempo não tinha tantos livros em série como tem hoje, então nem vi se tinham outros - Meu Deus como To velha =O
A capa da Edição da Saída de Emergência.
Capa da Rocco.


Ainda bem que não vi porque se tivesse teria desistido.É sério.  A Série é composta por sete livros, porém os cinco ulrimos livros são divididos em DUAS partes, ou seja são 12 volumes no total... É livro pra xuxu.

Não, não está duplicado. É a parte um e dois com a mesma capa.
Eu li o primeiro livro várias vezes, mas não li os outros. Eu lia toda vez que achava ele disponível na biblioteca e anos depois o livro sumiu - fica o recado que é feio EMPRESTAR o livro da biblioteca e NÃO devolver.

Quando descobri que ele seria lançado pela Saída de Emergência - que é conhecida por caprichar nos livros - e que ia vira série de Tv , eu pirei. E vou contar para vocês o motivo de tanta alegria . Só que vou dividir o post em dois... Um para o livro Hoje e um para série, amanhã.

Kit lindo que a editora mandou!! Eu tenho um Jamie *-*
Em A viajante do tempo, primeiro livro da série , conhecemos Claire Randall e seu marido Frank. Os dois ficaram a serviço da Inglaterra durante a Guerra - Frank sendo da Inteligência, e Claire como enfermeira - e quando ela termina o casal deicide tirar umas férias e uma segunda lua de mel. Ainda abalados pela guerra e pela separeção forçada de seis anos, tetam se conhecer novamente, já que ambos não são mais o que eram.

Essa viagem deles é  pra Inverness, na Escócia, onde Frank quer também estudar seus antepassados, como Black Jack Randall. Em um dia em que Frank fica discutindo sobre sua familia, Claire decide ir até o circulo de pedra , Craig na Dhun, quando sente uma mudança no local e toda em uma das pedras, uma ventania e um clarão á cega por um momento.

Quando ela volta a si , descobre que embora esteja no mesmo lugar, não está mais no mesmo tempo. Isso depois de quase ser sequestrada e, entre outras coisitas, por Black Randall , após achar que ela fosse uma prostituta. E ela vê que ele é muito parecido com Frank, só que ele é muito ruim. Nisso ela é salva por escoceses que passavam a caminho do castelo Leoch, do clã Mackenzie. Onde Claire é recebida com desconfiança, afinal está acontecendo uma guerra , ainda mais perigosa e primitiva que a que ela viveu.

Como ele cuidou de Jamie Fraser, o mais lindo, gostoso e fofo escocês, Dougal e Colum McKenzie, os líderes do clã , decidem mantê-la como uma "curandeira".
Parecia inconcebível, mas todas as evidências indicavam que eu estava em algum lugar onde os costumes e a política do final do século XVIII ainda vigoravam. Eu teria imaginado que tudo não passava de algum tipo de espetáculo à fantasia, se não fosse pelos ferimentos do jovem a quem chamavam de Jamie. Aquele ferimento fora realmente provocado por algo muito semelhante a um tiro de mosquete, a julgar pelos estragos que deixara.
Como Claire não consegue esquecer que não é daquele tempo - e quem conseguiria né -, ela tenta voltar as pedras para tentar voltar ao seu tempo, e depois de ter sua tentativa frustrada, ela parte com os homens do clã recolher os aluguéis das terras deles, e tentar mais uma vez.

Como problemas e Claire andam lado a lado, ela acaba reencontrando os soldados ingleses numa das vilas e eles a levam até onde a Patrulha está instalada, e com eles o Black Randall, que desconfia e muito da moça. Dougal consegue livrá-la das garras do inglês , mas com a promessa de trazê-la de volta, mas como é esperto, ele decide torná-la escocesa, cansando-a com o bonitão Jamie.Os dois casam e lógico acabam gostando muito um do outro, o que traz a Claire o dilema de estar traindo Frank, mesmo que ele ainda não tenha nascido naquele tempo.
Ah, sim, Sassenach - respondeu ele, um pouco melancolicamente. - Eu sou seu senhor... e você é minha senhora. Parece que não posso possuir sua alma sem perder a minha.
Após passado um ano que ela chegou a Leoch, ela se vê com um homem que gosta, num castelo com conhecidos. Uma delas é Geillis Duncan, a mulher de um homem muito importante, porém Claire vai aos poucos descobrindo que ela não é tão boa quanto aparenta.

Com Jamie fora da cidade, Claire vai visitar Geillis e acaba sendo acusada de bruxaria. Jamie a resgata e a leva para Lallybroch, sua terra, onde fica sua casa de verdade, onde traz más recordações para ele. Lá ela conhece  Jenny, a irmã de Jamie e Ian, um amigo de Jamie e marido de Jenny. O problema é que Jamie é procurado pelos ingleses e tem um prêmio pela sua cabeça. E não demoram a encontrá-lo.E cabe a Claire tentar resgatá-lo.
Você é sangue do meu sangue, e carne da minha carne. Eu lhe dou o meu corpo e nós dois deveremos ser um. Eu lhe dou o meu espírito, até que a nossa vida acabe.
Eu amo tanto esse livro. Sério. Por isso peço desculpas se soltei alguém spoiler- foi totalmente sem querer. E olha que diminui muito a minha resenha porque ela tava Enoooooorme. Bom a história é resenhada pela Claire. Mas ela é muito perceptiva. Então como um amigo meu falou " O livro é muito bom. Dá para um cara ler sem problema, se você pular as partes de mimimi sentimental. A autora fez um ótimo trabalho. "

A autora é bem detalhista, o livro é bem grossinho, tem 799 pgs, mas você nem sente. Porque é uma história que a todo momento tem uma reviravolta. O melhor é que todos os personagens são muito carismáticos. O pessoal do castelo, de Lallybroch, do Monastério. Um ou outro vão te fazer lembrar de alguém que você conhece.
"Não incomoda você que eu não seja mais virgem?" ele hesitou por um momento antes de responder.""Bem, não." ele falou devagar. "Desde que não importe que eu seja." ele sorriu a minha expressão de queixo caído e voltou para a porta. "Acredito que pelo menos um de nós deveria saber o que está fazendo.
A história tem muitos fatos veridicos , a autora pesquisou muito para escrever - pelo menos nesse né, ainda não li os outros.

Claire é uma mulher forete que já viveu os horrores da guerra e isso a fez forte, mesmo com toda essa bagunça na vida dela, ela fica de pé. E por mais teimosa que seja, ela continua lutando pelo que quer numa época em que mulher não tinha mesmo voz.
Se a sua vida é uma troca justa pela minha honra, por que minha honra não é uma troca justa pela sua vida?
Agora PARA TUDO que vou falar de Jamie, o lindo, o sexy, o gostoso, o fofo, o gentil, o ruivo de kilt mais tchuco dos livros, o "A I   M E U   D E U S  ! " Sério, me aaixonei por ele, mas quando vi a série - que falo amanhã dela - eu me encantei mais. Ele é paciente, educado, gentil, ele realmente escuta. E tem covinhas!!

Se eu indico?? É ÓBVIO QUE SIM!!  Você TEM que ler!!!

Beijos Beijos

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...