Quando recebi o release da Filha do Sangue, confesso que me apaixonei ... tanto pela história da sinopse como pela capa...




Assim que o Livro chegou em casa, ele pulou na frente da enoooorme fila de livros não lidos (shame on Me) . Pense em um livro com acabamento perfeito, um design meio dark, paginas amareladas, a capa que se abre como um retrato... lindo

Ela seria Sangue e ao mesmo tempo Outra, uma estrangeira e ainda assim aparentada. Seria espantosamente Magnífica

E aí é que começa o meu problema... como resenhar um livro complexo, e considerados por alguns como "uma leitura muito tensa" , eu penso que a autora foi muito habilidosa ao construir sua história. O problema é que você tem que prestar atenção na história... e posso confessar que eu achei meio maçante o inicio e mega confuso. Já aviso que a sinopse não explica metade da complexidade da história. E que a minha resenha também não vai ajudar muito.

O livro nos conta a história de um universo onde vivem seres mágicos,os chamados Sangue, que são criados para protegerem os reinos.Eles vivem em uma sociedade matriarcal, ou seja, são as feiticeiras que são as que possuem o poder, e a mais poderosa delas é a rainha. As Rainhas são as mais temidas, porque que são terriveis e comandam tudo tiranicamente. Nessa sociedade os homens, nada mais são que escravos sexuais, dominados para que as feiticeiras os usem a seus bel prazer. 

O poder do Sangue vem de pedras, chamadas de Joias dos Sangue, essas jóias mostram o quão poderoso você é, quanto mais escuro mais poderoso. E cada um tem duas: Uma que recebem como Direito de progenitura e a outra que pode subir até tres niveis da de direito. O problema é claro, é a sede por poder, que quanto mais se tem, mais se quer , e isso acaba transformando os reinos em egoismo, ganancia e violência.

Até que um dia Tersa, faz uma profecia, de uma Feiticeira muito poderosa, a verdadeira Rainha , iria surgir para retomar a verdadeira missão de todos.E quando surgir ela precisará de protetores e tutores, que são Saetan, O senhor supremo do Inferno, e seus filhos - bastardos e escravos de feiticeiras , o lindissimo e sádico Daemon e Lucivar, que apareceu pouco mas que mostrou seus próprios demônios.

Passam se séculos antes que a Grande Feiticeira surja , e quando surge, ela está na forma de uma garotinha de 07 anos chamada Jaenelle e tem um poder imenso, mas ainda não sabe nem a Arte básica. Mas Saetan, sente a conexão com ela, a reconhece como filha de sua alma e a ajuda. Assim como Lucivar e Daemon a servem sem pensar duas vezes.

Era poder demais. Nem os Sangue estavam destinados a deter tal poder. Nem a feiticeira jamais controlara todo esse poder. A verdade é que esta menina controlava. Esta jovem Rainha. A filha de sua alma.

A história pode parecer complicada nas primeiras 100 páginas, mais ou menos, porque há uma explicação geral sobre as joias, hierarquia e os personagens, e o livro pega o gancho disso e vai, o que eu achei confuso porque a história começa como se já conhecessemos os lugares, talvez isso tenha me feto demorar mais para ingrenar na história. 

Mas depois que você passa por essa barreira, consegue pegar impulso e não parar mais. Confesso que muito da história me chocou, porque não estava esperando algo assim. Não Li , nem assisto, Game of Thrones porque não curto muito todos aqueles assassinatos, sangue, incesto, violencia de todas as formas e para todas as pessoas, mas nesse livro tem tudo isso e muito mais.

O livro tem um nível de realismo absurdo, que você sente o pavor ou a tensão das cenas , como se estivesse lá. Por exemplo a cena em que tem  um prisioneiro no barco, no qual passam gordura de bacon "nas partes íntimas" e daí soltam os ratos para se "banquetearem" .... =O
O bem e o mal existem em todos os povos.Atualmente, quem domina é o mal que existe entre nós.
Mas então você me pergunta:  Então você não indica?

Indico... porque o livro é muito bom, ele tem uma trama bem amarrada, tem personagens muito carismáticos e prova que todos carregam o bem e o mal dentro de si... e o melhor, em nenhum momento é narrado pela protagonista, Jaenelle... A história é sempre contada por Saeta,por Daemon , Lucivar e outros. Os protetores , embora não sejam santos claro, conseguem nos passar o amor , a amizade e a esperança que sentem pela presença de Jaenele, embora Daemon a veja como algo além da amizade - e você sente isso - , e diz que vai esperá-la para quando ela estiver pronta - só lembrando que a menina tem entre 07 e 12 anos tá .

Indico , principalmente, para quem gosta de GOT , e porque não , RPG... E lembre-se tem que ter um estômago fortinho para ler esse livro se o leitor não esta acostumado com esse tipo de leitura, que envolve prostituição, incesto, violência, escravidão, assassinatos, castração , pedofilia e tals.


Ah só um aviso... se você não gosta de esperar pelas continuações... espere.. porque ESTE livro terminou num momento UP... em que precisamos da continuação... tipo pra ontem. Lembrando que este é o Primeiro da Trilogia das Joias Negras


beijos beijos



Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...