Olá :)

Mais uma resenha do aclamado NS [Nicholas Sparks], também lançado pela Editora Novo Conceito e seus kits lindos, no ano de 2012. Vamos saber mais do livro e do que eu achei do bonitudo Sparks?

 

A_ESCOLHA_1334757946P

 

Sinopse:Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta. Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever. Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?

 

 

 

 

 

“Histórias são únicas, assim como as pessoas que as contam, e as melhores histórias são aquelas cujo final é uma surpresa.”

Assim começa o segundo livro que leio do NS, dessa vez tive certeza que a fórmula usada por ele seria um sucesso para uma leitora como eu: Romance + Traços de humor + Animais tendo papel ativo + Veterinário [lindo, maravilhoso, boa pinta, ama o que faz, perfeitinho].

É possível detectar vários padrões nos livros de Sparks após ler dois livros dele, além das clássicas capas com um casal se beijando – podendo ou não estarem molhados da chuva, quase sempre – mas o padrão que mais me chamou atenção tem a ver com os adjetivos dos mocinhos. Sim, Nicholas Sparks é um homem muito bonito, fisicamente bem cuidado para sua idade, tem um casamento perfeito e filhos adoráveis, e tudo isso ele transporta para seus protagonistas... eles sempre são exemplos e querem relacionamentos sérios e duradouros. Qual mulher não enlouquece com uma coisa dessas?!?

Livros-Nicholas-Sparks-02-vert

Fonte da imagem

 

Ah, as mocinhas dos seus livros podem ser um pouco descompensadas também, nada que um grande amor não possa mudar...

Não me entendam mal, os pontos a que me refiro não são demérito nenhum, apenas quis discorrer sobre o que já irei esperar em cada novo livro que tiver em mãos de Sparks, e também explicar como esse livro conseguiu me surpreender positivamente.

O livro é dividido em duas partes, na primeira conhecemos Travis e seu cão boxer [lindo-gostoso-maravilhoso], ah, também tem a Gabby e sua cadela Molly [rsrs] uma Collie charmosa.

Gabby acaba de se mudar para a pequena cidade de Beaufort para exercer sua profissão de assistente-médica e conquistar sua tão desejada liberdade: de sua mãe, que deseja para ela um casamento bem sucedido e mais importante que sua carreira; de sua cidadezinha opressora; e de sua família tão diferente dela.

Ao chegar na sua nova casa, que ficava o mais próximo possível de Kevin – seu namorado há mais de 4 anos – começa vida nova, até descobrir que o cão do vizinho pode ter engravidado sua adorável Molly. Cega de raiva vai até a cada do vizinho e conhece Travis Parker, um cara lindo, paciente, bem humorado – mesmo sendo determinantemente culpado pela prenhez de sua adorada.

Vários eventos se desenrolam a partir daí, que não vou enumerar para que não perca a graça, mas preciso dizer que a previsibilidade dos eventos começaram a me deixar triste e cansada com a leitura. Vejam bem, NS escreve muito bem e tem um humor na sua forma de levar o texto que o deixa até leve na maioria do tempo, MAS, para mim, saber quase exatamente como vai ser o próximo capitulo torna tudo mais arrastado.

“[…]a única coisa que Gabby sabia com certeza era que ea nunca conseguiria superar o que havia feito, e como não havia uma pedra grande o bastante para que ela se enfiasse embaixo, o melhor seria procurar um modo de evitar encontrá-lo por algum tempo. Não eternamente, é claro. Um intervalo de tempo razoável. Como os próximos cinquenta anos.”

Só que [dois ponto], essa é só a primeira parte. Na segunda, todas as peças vão se encaixando – com acontecimentos ocorridos 11 anos após a primeira parte.

Ainda senti aquele tom de “sei onde isso vai dar”, mas adorei o livro mesmo assim [sim, acreditem... mesmo que isso possa parecer controverso à primeira vista]. No final, me emocionei de verdade e o livro ganhou mais uma estrelinha nas últimas 100 paginas.

Ao longo da leitura fiquei considerando o tipo de pessoa para quem indicaria A Escolha, pois não acredito que todos irão gostar dele, mas os que acreditam no dito amor [romanceado e cheio de todos os “frufus” que merece] vão adorar a leitura.

 

Então é isso (: Deixem seus comentários sobre os livros que já conheceram do autor e se concordam/discorda/me odeiam xD

 

Até mais.

Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...