Uma amiga minha disse uma vez "Lesley Pearse é uma autora que tem um dom. Um dom de te deixar completamente destruído mas ao mesmo tempo feliz. Ela faz personagens que te faz se importar com eles" Estranho né? Eu entendi o que ela quis dizer ao ler Belle.




Sinopse: Londres, 1910. Belle, de 15 anos, viveu em um bordel em Seven Dials por toda sua vida, sem saber o que acontecia nos quartos do andar de cima. Mas sua inocência é estilhaçada quando vê o assassinato de uma das garotas e, depois, pega das ruas pelo assassino para ser vendida em Paris.
Sem poder ser dona de seu próprio destino, Belle é forçada a cruzar o mundo até a sensual Nova Orleans onde ela atinge a maioridade e aprende a aproveitar a vida como cortesã. A saudade de casa — e o conhecimento de que seu status como garota de ouro não durará muito — a leva a sair de sua gaiola de ouro.
Mas Belle percebe que escapar é mais difícil do que imaginou, pois sua vida inclui homens desesperados que imploram por sua atenção. Espirituosa e cheia de desenvoltura, ela tem uma longa e perigosa jornada pela frente.
A coragem será suficiente para sustentá-la? Ela poderá voltar para sua família e amigos e encontrar uma chance para a felicidade?
Autora # 1 bet-seller, Lesley Pearse criou em Belle a heroína de nossos tempos: uma mulher forte que luta por seus direitos em um mundo perigoso.

( Antes de começar deixa eu só falar que a capa é muito linda, é toda emborracha com detalhes em relevo... uma graça *-* )


Belle é um livro que mexe com o leitor de todas as formas possíveis. E se você não acredita tente lê-lo. Mas saiba que ele vai te fazer rir, chorar, se desesperar, se emocionar, te chocar com uma brutalidade real, e te fazer pensar. Se você está realmente preparado para todas estas emoções , você vai devorar as 552 páginas do livro de Lesley Pearse, ao contrário você não vai conseguir passar do capítulo 5 que é quando a história realmente começa a ficar tensa.

- Você deve ser uma prostituta, você vive num bordel!
- Se eu morasse em um palácio não seria obrigatoriamente uma rainha – ela respondeu com raiva. 
Belle Cooper é uma inocente jovem de 15 anos que vive em Seven Dials, um cortiço aos arredores de Londres, ela mora com sua mãe Annie, a proprietária de um bordel e Mog, uma espécie de segunda mãe para ela. É nas ruas do cortiço que Belle conhece o Jimmy Reilly (*-*), um jovem quase da mesma idade que ela e eles se simpatizam logo de cara um com o outro. Eles ficam amigos depressa e logo surge aquela paquera inocente entre os dois. Jimmy é um órfão que vai morar com o tio Garth Franklin , dono de um pub local.
Belle tem sonhos como qualquer jovem dessa idade de casar, ter filhos, uma chapelaria. Esses sonhos são destruídos quando ela presencia sem querer o assassinato de uma das moças que trabalhava no bordel de sua mãe. Assustada com o fato, ela saí correndo da cena do crime, mesmo sabendo que o assassino tinha visto ela.
Com medo que ela o denunciasse, Kent, o assassino, dá um jeito de seqüestrar Belle e mandá-la a França.

Bom a partir desse momento eu juro que vou tentar não dar spoiler, mas sendo um livro que eu adorei fica meio difícil, mas vou tentar.

É o seu seqüestro que muda a vida de Belle ao avesso. Enviada á França de uma forma totalmente horrível, sem saber falar o idioma ou ter qualquer amigo, ela é vendida para um bordel onde sofre todo tipo de abusos, até que vai parar em um hospital aos arredores de Paris para tentar se recuperar e lá conhece Lisete e Etienne (*-*), que seria ao mesmo tempo seu carrasco e seu herói.
Nesse meio tempo Mog contrata os serviços de Noah, um jornalista e investigador, que era um dos clientes de Millie, a garota assassinada, para que encontre Belle, já que a policia não quer se envolver e faz “corpo mole” para o caso.
Belle, já é recuperada ela é vendida para um bordel de Nova Orleans, nos EUA. E lá ela começa uma vida nova, já “aceitando” que sua inocência havia acabado.

Não vou entrar em mais detalhes para não dar spoilers, mas se a trajetória até aqui já te fez ficar chocado pela vida de Belle. Só digo que tudo melhora, depois piora, depois melhora e por aí vai...

A trajetória da protagonista de Nova Órleans até que consiga voltar para casa, demora uns dois anos e tem muitas reviravoltas. Tem horas que você pensa que está tudo bem, aí a autora te arremessa para um novo turbilhão de sensações.

- Não ouse começar a pensar que você mereceu o que ele fez. A morte não é a solução, é apenas a maneira dos covardes escaparem da dor. O mais corajoso a fazer é deixar o passado para trás, que é o lugar dele.




Eu adorei o livro – digo isso de coração mesmo - li ele em uma semana. Mas teve horas que pensei “como uma pessoa pode se sujeitar a isso” aí você lembra que alguns não têm opção de escolha. Fiquei tão abalada com o livro que fiquei com “ressaca literária” durante um tempo. Mas fazer o que se ele abriu uma brechinha no meu coração literário e ficou lá.




É um livro que tem muitas contradições. Ele é muito tenso, mas ao mesmo tempo ele é tão terno, ele mostra como algumas pessoas são mesquinhas e egoístas, e outras generosas e amigas. A autora mostra o lado bom e ruim, de uma forma que sim, irá te chocar profundamente, mas irá te deixar ver um lado que a gente não vê, o lado humano. Que a coragem e esperança ás vezes é todo o luxo o que se pode ter.

- Eu cuidei de muitas garotas como você nesta casa, mas posso ver que é uma das mais fortes. Você é bonita também, e acho que é esperta, então use a cabeça. Fale com as garotas mais velhas, aprenda com elas, e espere por sua oportunidade.

Mas não se engane pensando que é um livro que só tem desgraça, é um livro que fala sobre tudo, principalmente sobre amor, e a falta dele.

- Jê défie les incendies, lês inondations, et même l’enfer pour être avec vous – ele murmurou ao soltá-la.

Eu indico para aqueles que não têm preconceito de leitura, nem receio de cenas fortes.

 Até mesmo as putas têm coração – disse ela enquanto ajeitava o lençol limpo na cama – Na verdade, algumas têm corações maiores do que pessoas comuns.


Se você já leu, deixe sua opinião a respeito, se ainda não leu... deixe seu pitaco mesmo assim...

bjuuss


Deixe um comentário

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...