Tenho que começar essa resenha dizendo ::: OH MY GOD!!! O QUE É ISSO PIPOW???

Não sei se vocês são fãs da Richelle Mead (eu sou louca por ela), e se não forem (tenho pena de vocês) tem que admitir que os livros dela são F***!!! Como essa mulher consegue escrever um livro melhor que o outro?!?!?! Me expliquem por favor!!!

Como vocês sabem ela escreveu Academia dos Vampiros (resenhas aqui), mas confesso que mesmo sem Dimka essa série aqui supera e muito a série de vampiros!!!

Ainda não convenci??? Hold my hand little darling and I´ll show you!!!



A Canção do Súcubo é o primeiro volume da série voltada para o público adulto da Richelle Mead, Georgina Kincaid (nome da personagem principal).

Georgina Kincaid é uma mulher poderosa, não apenas poderosa, mas imortal. Ela é um súcubo. Um ser de origem infernal que sobrevive sugando a energia vital das pessoas, nesse caso, a energia sexual dos homens. Georgina é sedutora, linda e possui o poder de mudar sua forma para aumentar seu poder de sedução e assim confundir e atrair os homens, principalmente os de boa índole, pois são esses que possuem mais energia e quando corrompidos pelos súcubos o domínio de suas almas vai para os demônios.

Sim, esse é de certa forma o emprego de Kincaid, pois além de necessitar dessa energia, ela tem que fazer pois é obrigada pelo arquidemônio que controla a área de Seattle, que é a cara do John Cusack (morri cem vezes pipow)!!!

Mas a vida de Georgina Kincaid, não se resume apenas em sexo (por mais que ela goste e queira), ela trabalha em uma livraria (eu também quero) como gerente assistente, claro que ela faz isso por hobby, afinal a mulher é imortal e deve ser bilionária!!! Ela é apaixonada por livros, ainda mais os do autor favorito dela, Seth Mortensen (que gatinho pipow), um escritor excêntrico que foi convidado pela Emerald Books (amei o nome) para uma noite de autógrafos.

Georgina e Seth se conhecem, hilários são os micos que ela paga, para uma mulher super sexy ela é bem lerdinha e engraçada!!! Adoro a parte em que ela conversando com Seth admite ler apenas 5 páginas de seu livro por dia, motivo:: o livro é muito bom e por isso ela quer apreciar com calma a escrita e a história, e se ela lê-lo muito rápido, ela ficaria muito triste pois demora muito tempo para a continuação ser publicada (mais pura verdade)...

Nem preciso dizer que no decorrer da narrativa e em meio a grandes perigos uma paixão arrebatadora surge entre Georgina e Seth (comento mais na resenha do 2º). 

A Canção do Súcubo é sexy, envolvente e muito muito perfeito!!! É inacreditável o modo como Richelle inclui seres fantástico e imortais, como vampiros, duendes e súcubos convivendo com Anjos (amo o personagem Carter apesar de ser estranho), Demônios (Jerome/Jonh Cusack, Rs) e Nephilins (um personagem arrebatador e importantissimo).

Confesso que me tornei uma fã da louca, viciada em vodka e incrível Georgina Kincaid, uma heroína bem errada, sedutora e que só se mete em encrenca!!! Com situações engraçadas de nos fazer rolar de rir, momentos bem tensos (muita tensão entre Georgie e Seth) e uma história bem completa, A Canção do Súcubo é incrível e imperdível!!

Um livro sensacional, SUPER RECOMENDADÍSSIMO!!! 
Um MUST READ para quem ama Richelle Mead, literatura fantástica e adulta!!! PERFECT!!

Perceberam que a Resenha ficou bem curtinha né?!?! É, foi o jeito, pois eu eu ia soltar spoilers igual uma louca aqui!!! Amei demais o livro e quando isso acontece minha resenhas ficam extremamente pobres!!! Sorry, mas na próxima eu melhoro!! =D

Já leu?? Gostou da resenha?? Não esqueça de deixar sua opinião!!

9 Comentários

  1. Nossa nossa!

    Tenho vergonha em dizer que não li nenhum livro dela ainda...

    E com toda essa empolgação que voce fala do livro e da autora, acho que vou ter que correr e ler AGORA Academia de vampiros...

    Beeijos
    Bia | Blog Livros e Atitudes

    ResponderExcluir
  2. Eu quero muito ler essa série mas to super apertada com as minhas leituras no mk=omento ;s
    Assim que eu conseguir relaxar um pouco esse será o livro que vou ler pq eu amo a richelle e acho que ela escre muuuito bem <3


    ;*

    ResponderExcluir
  3. A história parece ser super envolvente.
    A principio, achei que seria mais sobre o ser e o mundo sobrenatural quando comecei a ler sua resenha. Confesso que me assustei um pouco com o assunto, porém só no começo da resenha. O "trabalho" que envolve sexo, abordado de várias formas diferentes, causa, também, várias reações diferentes.
    Acho que pelo o que você escreveu, a história deve ser muito engraçada e bem articulada. Quero ler esse, já entrou para minha lista!
    Esses assuntos sobrenaturais que a Richelle aborda, e que são os mais difíceis de fazer uma pesquisa para achar uma base e ter mais sentido, só nos mostra que a escritora é maravilhosa!!! Lendo livros bons sobre o Mundo Sobrenatural sempre faz com que pensemos: "Será que isso existe mesmo?". E essa pergunta sempre me ocorre quando leio livros da Richelle!
    Obrigada pela dica e pela resenha!!

    ResponderExcluir
  4. Olha, já vi esse título tantas vezes e nunca me agradou... mesmo sendo da Richelle. Engraçado que nunca nem parei pra ler a sinopse. Esta é a primeira vez q leio algo sobre e acabei mudando de ideia. A história de Georgina pode não ser tão nada a ver como eu esperava. Qualquer hora eu arrisco! :)

    ResponderExcluir
  5. Gizeli Regina Meister20 de maio de 2013 09:38

    Oi, adorei a resenha! Comprei o livro recentemente e ele ficou meio abandonado, pois estava com umas leituras na frente. Sua resenha me deixou muito curiosa a respeito da estória! Espero ler em breve!! E a capa chama mesmo atenção!! rsrs

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ju!
    Da Richelle Mead, eu leria até nota fiscal. Essa mulher é muito maravilhosa e tudo o que ela cria também!! Só pelo que você disse, já gostei da Georgina Kincaid, apesar dela ser bem parecida com a Eugenie, de Dark Swan. Meu Deus, já me apaixonei pelo Seth! HAHAHAHAHAHA Preciso ler essa série, Ju!!
    Beijos

    http://enclausuradas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Confesso que nunca li nada da autora, não por vontade mas por pura falta de oportunidade. Adorei a resenha e me empolguei muito para ler. bjs

    ResponderExcluir
  8. Sou tipo fã de carteirinha da Richelle... e estou realmente super interessada em ler esses livros, apesar de não ter muito tempo nos últimos dias... Depois de ler essa resenha e principalmente essa parte : "É inacreditável o modo como Richelle inclui seres fantástico e imortais, como vampiros, duendes e súcubos convivendo com Anjos (amo o personagem Carter apesar de ser estranho), Demônios (Jerome/Jonh Cusack, Rs) e Nephilins (um personagem arrebatador e importantissimo)" Realmente estou muito afim de por a série na frente da minha listinha! HUAHUAHAUHAUA Adorei a resenha, realmente aumentou minha curiosidade!

    ResponderExcluir
  9. ah eu quero ler ele a tanto tempo, e até agora não consegui compra-lo, adorei a resenha você descreveu bem e sem dar spoler *-*

    ResponderExcluir

I hope you feel at home when you visit me!!

Please don´t forget to comment on the posts, your opinion is truly important and makes me happy!!

;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...